A1.1. LIVROS

1. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). O Multimédia no Ensino das Ciências: cinco anos de investigação e ensino em Portugal. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos. ISBN: 978‑989‑8819‑17‑8 Link

A1.2. CAPÍTULOS DE LIVROS

1. Internacionais

1.1. Publicados

1.1.4. Santos, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). O livro eletrónico: reflexões e perspetivas de um novo paradigma na sala de aula. In C. Rocha & A. Matta (Ed.), Cognição: Aspectos contemporâneos da construção e difusão do conhecimento (pp. 177 -188). Salvador: EDUNEB. ISBN: 978-85-85813-13-0.

1.1.3. Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). O desenvolvimento de competências digitais e a visibilidade das tecnologias de informação e comunicação no currículo do ensino de ciências no 3.º ciclo do ensino básico em Portugal. In J. Trindade, Z. Saldivia, & J. Freire (Eds.), A Experimentação e as TIC no Ensino das Ciências Exatas: Aspetos Epistemológicos e Didático-Pedagógicos (pp. 197–243). Natal/RN: Bubok Publishing. ISBN: 978-989-20-5108-6. Link

1.1.2. Paiva, J. C., Morais, C., Barros, J., & Francisco, N. (2014). Outcomes from implementing a PROFILES continuous professional development programme in Portugal: Reflections and indicators. In C. Bolte, J. Holbrook, R. Mamlok-Naaman, & F. Rauch (Eds.), Science Teachers’ Continuous Professional Development in Europe: Case Studies from the PROFILES Project (pp. 173–181). Berlin: Freie Universität Berlin. Impressão: University of Klagenfurt (Áustria). ISBN: 978-3-9816683-0-8. Link1 Link2

1.1.1. Morais, C., & Paiva, J. C. (2008). Kitchen science: through the window of the Web. In A. J. Mendes, I. Pereira, & R. Costa (Eds.), Computers and Education: Towards Educational Change and Innovation (pp. 135–145). London: Springer-Verlag. ISBN: 978-1-84628-928.

Citation indexed: ISI Web of Science. Link1, LinK2, Link3

1.2. Em preparação para publicação

1.2.1. Xambre, L., Morais, C., & Paiva, J. C. (no prelo). Formação de professores e construção colaborativa de guidelines direcionados para o desenvolvimento de recursos educativos digitais. In A. Matta (Ed.), Design Cognitivo para Materiais Didáticos, Conteúdos Digitais e Procedimentos On-line de Ensino-Aprendizagem. Ribeirão Preto, São Paulo: Pearson.

2. Nacionais

2.1. Morais, C., & Paiva, J. C. (2007). Recursos digitais de Química no ensino básico: Uma experiência com entusiasmos e constrangimentos. In F. Costa, H. Peralta, & S. Viseu (Eds.), As TIC na Educação em Portugal. Conceções e Práticas (pp. 328–337). Porto: Porto Editora. Link

A1.3. ARTIGOS EM REVISTAS

1. Internacionais indexadas na ISI Web of Science e/ou SCOPUS

[Com indicação de Impact Factor e Quartil no ISI Web of Knowledge ou no SCimago Journal and Country Rank, 2014.]

1.1. Publicados

1.1.12. Mota, J., Morais, C., Moreira, L., & Paiva, J. C. (2017). mSciences: an affinity space for science teachers. European Journal of Contemporary Education, 2017, 6(3): 401-413. DOI: http://dx.doi.org/10.13187/ejced.2017.3.401

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS Link

1.1.11. Paiva, J. C., Morais, C., Rosa, M., Moreira, L., & Eichler, M. (2017). Professional Development and International Cooperation for Chemistry Teacher: Assessment about the Intent to Educational Change after a Continuing Education Program in Porto, Portugal. Química Nova, 40(1), 105-112. DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0100-4042.20160179

Citation indexed: ISI Web of Science, SCOPUS (Q3; IF=0,660) Link

1.1.10. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Activities with Parents on the Computer: an ecological framework. Journal of Education Technology & Society, 20(2), 1-14. http://www.ifets.info/download_pdf.php?j_id=76&a_id=1803

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS (Q1; IF= 1,376) Link

1.1.9. Francisco, N., Morais, C., Paiva, J. C., & Gameiro, P. (2017). A colourful bond between Art and Chemistry. Foundations of Chemistry, 19(2), 125-138. DOI: http://dx.doi.org/10.1007/s10698-016-9259-y.

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS (Q1 – History; IF= 1,026) Link

1.1.8. Paiva, J. C., Morais, C., Costa, L., & Pinheiro, L. (2016). The shift from “e-learning” to “learning”: Invisible technology and the dropping of the “e”. British Journal of Educational Technology, 47 (2), 226-238. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/bjet.12242.

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS (Q1; IF= 1,982) Link

1.1.7. Araújo, J. L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). Poetry and alkali metal: Building bridges to study the atomic radius and the ionization energy. Chemistry Education Research and Practice, 16, 893-900. DOI: http://dx.doi.org/10.1039/C5RP00115C.

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS (Q1; IF= 2,091) Link

1.1.6. Morais, C. (2015). Storytelling with chemistry and related hands-on activities: Non-formal learning experiences to prevent “chemophobia” and promote young children´s scientific literacy. Journal of Chemical Education, 92(1), 58–65. DOI: http://dx.doi.org/10.1021/ed5002416.

Citation indexed: ISI Web of Science, SCOPUS (Q2; IF= 1,201) Link

1.1.5. Sepúlveda, H., Moreira, L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). Videotaped experiment in chemistry: Should I play it before or after sending students to the lab? Journal of Science Education, 16(2), 63-65. ISSN: 01245481

Citation indexed: SCOPUS (Q4; SJR=0,115) Link

1.1.4. Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Perspectives and contemporary reflections on the triangle education-technology-society and its influence on science teaching. Educação e Pesquisa, 40(4), 953–964. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s1517-97022014121411.

Citation indexed: SCOPUS (Q3; IF=0,124) Link

1.1.3. Vieira, H., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Inquiry dynamics in the study of perturbations to a state of chemical equilibrium. Química Nova, 37(9), 1573–1578. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0100-4042.20140215.

Citation indexed: ISI Web of Science, SCOPUS (Q3; IF=0,660) Link

1.1.2. Morais, E., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Myths and realities of e-learning: Exploratory survey of higher education students. E-Learning and Digital Media, 11(3), 300–313. DOI: http://dx.doi.org/10.2304/elea.2014.11.3.300.

Citation indexed: SCOPUS (Q4; SJR=0,162) Link

1.1.1. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2013). Specialization, chemistry and poetry: Challenging chemistry boundaries. Journal of Chemical Education, 90(12), 1577−1579. DOI: http://dx.doi.org/10.1021/ed4003089.

Citation indexed: ISI Web of Science, SCOPUS (Q2; IF= 1,201) Link

1.2. Submetidos e a aguardar resposta

1.2.2. Paiva, J. C., Rosa, M., Moreira, J., Morais, C., & Moreira, L. (submetido). Science-religion dialogue in education: Religion teachers’ perceptions in a Roman-Catholic context. Research in Science Education.

1.2.1. Morais, E., Morais, C., & Paiva, J. (submetido). VideoLab educational simulation for Higher Arts Education: development and classroom case study. Educational Technology Research & Development.

Citation indexed: ISI Web of Science e SCOPUS

2. Nacionais em jornais e revistas

2.15. Morais, C., & Paiva, J. C. (2013). Sistematização de algumas ocorrências de recursos educativos digitais para o ensino da química. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 128, 49–54. Link

2.14. Alonso, R., & Morais, C. (2013). Qual é o melhor combustível? Módulo inquiry para o estudo das entalpias de combustão. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 128, 55 –58. Link

2.13. Morais, C., Francisco, N., & Paiva, J. C. (2012). Precisas de química para seres um bom cirurgião ortopedista? Módulo inquiry para o estudo do equilíbrio químico de oxidação-redução. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 127, 78–80. Link

2.12. Morais, C., Paiva, J. C., & Francisco, N. (2012). Módulos inquiry: Desenvolvimento e utilização de recursos educativos para a potenciação do inquiry based-learning no ensino da química. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 127, 73–77. Link

2.11. Guedes, V., & Morais, C. (2012). As reações químicas no nosso organismo: Atividade com os pais no computador (APC) para o 8º ano de escolaridade. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 126, 61–64. Link

2.10. Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). Companhia dos materiais: Atividade envolvendo os pais na aprendizagem da química. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 124, 75–80. Link

2.9. Paiva, J. C., & Morais, C. (2012). Reflexões e desafios educativos sobre o multimédia numa sociedade global e sistémica. Revista Educação e Emprego, 4 (janeiro-março), 34–36. Link

2.8. Beleza, M., Paiva, J. C., & Morais, C. (2011). WebQuest – Investigando a chuva ácida. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 123, 73–75. Link

2.7. Morais, C., & Paiva, J. C. (2010). WebQuests: Incremento pedagógico da Internet no ensino da Química. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 119, 55–58. Link

2.6. Paiva, J., Morais, C., & Paiva, J. C. (2010). Referências importantes para a inclusão coerente das TIC na educação numa sociedade sistémica. Educação, Formação & Tecnologias, 3(2), 5–17. Link

2.5. Morais, C. (2010). Atividades com os pais no computador (APC): A Química e a sustentabilidade na Terra. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 118, 61–63. Link

2.4. Morais, C. (2010). Simulação “Movimentos corpusculares”: Dos estados físicos da matéria à mobilidade e agregação corpuscular. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 117, 51–53 e destacável. Link

2.3. Paiva, J., Morais, C., & Paiva, J. C. (2008). Contribuições de Thomas Gordon para a sustentação de comunidades escolares em ambiente digital. Revista Portuguesa de Pedagogia, 42(3) 177–192. Link

2.2. Morais, C., & Paiva, J. C. (2007). Simulação digital e atividades experimentais em Físico-Químicas: Estudo-piloto sobre o impacto do recurso “Ponto de fusão e ponto de ebulição” no 7.º ano de escolaridade. Sísifo. Revista de Ciências da Educação, 3, 101–112. Link

2.1. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). Roteiros de Exploração: Usando o programa sobre equilíbrio químico “Le Chat”. Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, 100, 87–89 e destacável. Link1 Link2

A.1.4. ARTIGOS EM ATAS DE CONGRESSOS E ENCONTROS CIENTÍFICOS

1. Internacionais indexados na ISI Conference Proceedings Citation Index e/ou SCOPUS

1.13. Teixeira, A., Morais C., & Moreira, L. (2018). Digital infographics on marine litter: Social representations and science communication. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, I. Candel Torres (Eds.), EDULEARN18 Proceedings – 10th Annual International Conference on Education and New Learning Technologies (pp. 6772-6781). Palma de Maiorca, Espanha: IATED Acdemy. ISBN: 978-84-09-02709-5. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.12. Mota, J., Morais C., & Moreira, L. (2018). Multimedia in science teaching: Bridging scholars and science educators. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, I. Candel Torres (Eds.), EDULEARN18 Proceedings – 10th Annual International Conference on Education and New Learning Technologies (pp. 5528-5537). Palma de Maiorca, Espanha: IATED Acdemy. ISBN: 978-84-09-02709-5. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.11. Monteiro J., Morais C., Carvalhais M. (2017). NOOA: Maintaining Cultural Identity Through Intergenerational Storytelling and Digital Affinity Spaces. In Nunes N., Oakley I., Nisi V. (ed.) Interactive Storytelling. ICIDS 2017. Lecture Notes in Computer Science (pp. 376-379), vol. 10690. Springer, Cham. DOI: https://doi.org/10.1007/978-3-319-71027-3_47 (Versão impressa: ISBN 978-3-319-71026-6. Versão online: ISBN 978-3-319-71027-3). Link

Citation indexed: SCOPUS

1.10. Monteiro J., Morais C., Carvalhais M. (2017). Interactive Storytelling for the Maintenance of Cultural Identity: The Potential of Affinity Spaces for the Exchange and Continuity of Intergenerational Cultural Knowledge. In Nunes N., Oakley I., Nisi V. (ed.) Interactive Storytelling. ICIDS 2017. Lecture Notes in Computer Science (pp. 299-302), vol. 10690. Springer, Cham. DOI: https://doi.org/10.1007/978-3-319-71027-3_30 (Versão impressa: ISBN 978-3-319-71026-6. Versão online: ISBN 978-3-319-71027-3). Link

Citation indexed: SCOPUS

1.9. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Multimedia in science teaching: pedagogical designs and research options in the Portuguese education between 2010-2014. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, I. Candel Torres, Proceedings of EDULEARN16 Conference – 8th annual International Conference on Education and New Learning Technologies (pp. 7690-7698). Barcelona: IATED. ISBN: 978-84-608-8860-4. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.8. Moreira, L., Vieira, H., Morais, C., Sousa, A., Costa, H., & Paiva, J.C. (2016). The social representations of (green) chemistry and robotics among teenagers: an exploratory study.  In L. Gómez Chova, A. López Martínez, I. Candel Torres, Proceedings of EDULEARN16 Conference – 8th annual International Conference on Education and New Learning Technologies (pp. 5209-5214). Barcelona: IATED. ISBN: 978-84-608-8860-4. Link 

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.7. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Attitudes towards science and religion: insights from a questionnaire validation with Secondary Education students. In Conference Proceedings New Perspectives in Science Education, 5th Conference Edition (pp. 430 -434). Florence: Edited by Pixel. ISBN: 978-88-6292-705-5. Link1 Link2

Citation indexed: SCOPUS

1.6. Vieira, H., Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2016). Attitudes towards Physics and Chemistry: insights from a questionnaire validation with music students. In Conference Proceedings New Perspectives in Science Education, 5th Conference Edition (pp. 105 -109). Florence: Edited by Pixel. ISBN: 978-88- 6292-705- 5. Link1 Link2

Citation indexed: SCOPUS

1.5. Morais, C., Moreira, L., & Paiva, J. C. (2014). Methodological approaches used to study information and communication technologies in education: A systematic review of literature of the Portuguese scientific production in Scopus and Web of Science. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, & I. Candel Torres (Eds.), ICERI2014 Proceedings – 7th International Conference of Education, Research and Innovation (pp. 2176–2183). Seville: International Association of Technology, Education and Development (IATED). ISBN: 978-84-617-2484-0. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.4. Santos, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). E-readers at classroom: Experience of reading e-books with e-readers in English classes for Portuguese students. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, & I. Candel Torres (Eds.), ICERI2014 Proceedings – 7th International Conference of Education, Research and Innovation (pp. 4907–4916). Seville: International Association of Technology, Education and Development (IATED). ISBN: 978-84-617-2484-0. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.3. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2013). Technological support for inquiry-based learning: Development and use of digital resources in science education within the European Project Profiles. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, & I. Candel Torres (Eds.), ICERI2013 Proceedings – 6th International Conference of Education, Research and Innovation (pp. 5236–5240). Seville: International Association of Technology, Education and Development (IATED). ISBN: 978-84-616-3847-5. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.2. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2012). Inquiry-based science education and continuous professional development within a European project: Some considerations about its development in Portugal. In L. Gómez Chova, A. López Martínez, & I. Candel Torres (Eds.), ICERI2012 Proceedings – 5th International Conference of Education, Research and Innovation (pp. 456–461). Madrid: International Association of Technology, Education and Development (IATED). ISBN: 978-84-616-0763-1. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

1.1. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2007). WebQuest improvement of the chemical equilibrium study. In Vladimir Uskov (Ed.), Proceedings of the Sixth IASTED International Conference on Web-Based Education (WBE 2007) (pp. 347–352). Calgary: ACTA Press. ISBN 9780889866508. Link

Citation indexed: ISI Conference Proceedings

2. Internacionais em atas de congressos/encontros científicos com peer reviewed

2.26. Morais, C., Paiva, J., & Moreira, L. (2018). Activities with parents on the computer: Science teachers’ views. In O. Finlayson, E. McLoughlin, S. Erduran, & P. Childs (Eds.), Electronic Proceedings of the ESERA 2017 Conference. Research, Practice and Collaboration in Science Education, Part 4/4 (co-ed. K. Juuti & E. A. Kyza) (pp. 558-565). Dublin, Irlanda: Dublin City University. ISBN: 978-1-873769-84-3. Link

2.25. Mota, J., Morais, C., & Moreira, L. (2018). Social learning systems: closing the gap between scholars and science educators. In M. Gomes, A. Osório & L. Valente (Eds.), X Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017 – Learning in the clouds (2nd ed. pp. 1041-1046). Braga: Universidade do Minho. Centro de Competência Campus de Gualtar. ISBN: 978-989-97374-7-1. Link

2.24.  Morais, C., Moreira, L., Paiva, J. C., Monteiro, J., Vieira, H., & Santos, D. (2017). Chemistry 2.0: building and disseminating chemistry through students-generated web 2.0 content. In Proceedings: Towards Effective Teaching and Meaningful Learning in Mathematics, Science and Technology Education. UNISA/ISTE Conference on Mathematics, Science and Technology Education (pp. 27-33). África do Sul.  Link

2.23. Mota, J., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Social learning systems: closing the gap between scholars and science educators. In M. Gomes, A. Osório & L. Valente (Eds.), X Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017 – Learning in the clouds (pp. 1039-1044). Braga. ISBN: 978-989-97374-5-7. Link

2.22. Morais, C., Paiva, J. C., Barros, J., Francisco, N., & Moreira, L. (2015). Teachers’ needs and self-efficacy perceptions in inquiry-based science education: a continuing professional development course in Portugal. In J. Lavonen, K. Juuti, J. Lampiselkä, A. Uitto & K. Hahl (Eds.), ESERA2015 – Proceedings – Science Education Research: Engaging learners for a sustainable future. Part 14 (co-ed. A. Berry and D. Couso) (pp. 2320-2330). ISBN 978-951-51-1541-6. Link

2.21. Rosa, M. P. A., Eichler, M. L., Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). “Conexão Brasil-Portugal”: o contexto da formação continuada de professores de Química. In M. E. M. Ribeiro (Org.), Anais do 35 o Encontro de Debates sobre o Ensino de Química (pp.565-569). Lajeado: Editora Univates. ISBN 978-85-8167-142-0. Link

2.20. Morais, C., J. C.; Barros, J., Francisco, N., & Moreira, L., (2014). Technological Support for Inquiry-based Learning: Development of Digital Resources in Science Education Using Web 2.0 Tools. Proceedings of 2nd International PROFILES Conference (pp. 82-84). Berlim. Link

2.19. Morais, C., Moreira, J., & Paiva, J. C. (2014). Methodological approaches used to investigate online learning: A systematic review of the Portuguese scientific production in SCOPUS and Web of Science. In G. L. Miranda, M. E. Monteiro, & P. T. Brás (Eds.), Aprendizagem OnlineAtas do III Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 124-130). Lisboa. ISBN: 978-989-8753-07-6. Link

2.18. Ferreira, J., Vaz, P., & Morais, C. (2014). Coaching e programação neurolinguística como ferramentas de motivação para docentes: Caraterização e avaliação de uma formação e-learning. In G. L. Miranda, M. E. Monteiro, & P. T. Brás (Eds.), Aprendizagem Online – Atas do III Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 865–872). Lisboa. ISBN: 978-989-8753-07-6. Link

2.17. Xambre, L., & Morais, C. (2014). Formação de professores e desenvolvimento de recursos educativos digitais recorrendo a ferramentas da Web 2.0. In G. L. Miranda, M. E. Monteiro, & e P. T. Brás (Eds.), Aprendizagem Online – Atas do III Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 288–293). Lisboa. ISBN: 978-989-8753-07-6. Link

2.16. Santos, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Livros eletrónicos na sala de aula. In G. L. Miranda, M. E. Monteiro, & P. T. Brás (Eds.), Aprendizagem Online – Atas do III Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 107–110). Lisboa. ISBN: 978-989-8753-07-6. Link

2.15. Monteiro, J., Morais, C., & Carvalhais, M. (2014). Livro digital de narrativa multilinear na esfera educativa: Uma experiência de desenvolvimento e utilização com alunos do 1.º ciclo do ensino básico. In G. L. Miranda, M. E. Monteiro, & e P. T. Brás (Eds.), Aprendizagem Online – Atas do III Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 42-49). Lisboa. ISBN: 978-989-8753-07-6. Link

2.14. Gonçalves, J., Martins, P., Morais, C., Barros, J., Paiva, J. C., & Francisco, N. (2014). Have you ever wondered why our clothing changes color in the disco? A PROFILES scenario to contextualizing and promoting the study of introductory light, color and matter. In C. Bolte & F. Rauch (Eds.), Enhancing Inquiry-Based Science Education and Teachers’ Continuous Professional Development in Europe: Insights and Reflections on the PROFILES Project and Other Projects Funded by the European Commission (pp. 163–165). Berlim: Freie Universität Berlin. ISBN 978-3-9816683-1-5. Link

2.13. Moutinho, A., Machado, S., Pacheco, M., Morais, C., Barros, J., Paiva, J. C., & Francisco, N. (2014). Green or mature wine? Can we distinguish them without tasting? In C. Bolt & Rauch (Eds.), Enhancing Inquiry-Based Science Education and Teachers’ Continuous Professional Development in Europe: Insights and Reflections on the PROFILES Project and Other Projects Funded by the European Commission (pp. 165–169). Berlim: Freie Universität Berlin. ISBN 978-3-9816683-1-5. Link

2.12. Fernandes, S., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Discovering chemistry through food: history, concepts and knowledge. Atas da International Conference on Successful Experiences and Good Practices in Chemistry Education (pp. 13–16). Bragança, Portugal. Link

2.11. Rosinhas, T., Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). Discover the introductory organic chemistry with PARSEL module “Chemistry and oral hygiene”. In C. Bolte, J. Holbrook, & F. Rauch (Eds.), Inquiry-Based Science Education in Europe: Reflections from the PROFILES Project (pp. 134–136). Berlim: Freie Universität Berlin. Printed: University of Klagenfurt (Áustria). ISBN 978-3-00-039403-4. Link

2.10. Francisco, N., Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). Do you need chemistry in order to be a good bone surgeon? Using PARSEL module to contextualizing and promote the study of introductory electrochemistry. In C. Bolte, J. Holbrook, & F. Rauch (Eds.), IBSE in Europe: Reflections from the PROFILES Project (pp. 136–138). Berlim: Freie Universität Berlin. Printed: University of Klagenfurt. ISBN 978-3-00-039403-4. Link

2.9. Parada, A., Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). WEEDU: Plataforma Web 2.0 como suporte de ambientes pessoais de aprendizagem. Atas do II Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 3886–3891). Lisboa. Link

2.8. Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). O b-learning promovendo a formação contínua de professores de Ciências no âmbito do Projeto Europeu PROFILES: Descrição da experiência portuguesa. Atas do II Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 3849–3854). Lisboa. Link

2.7. Parada, A., Morais, C., & Paiva, J. C. (2011). PLE para uma aprendizagem colaborativa on-line. Atas da VII Conferência Internacional de TIC na Educação: Perspetivas de Inovação (CHALLENGES 2011) (pp. 1863–1866) (CD-ROM, ISBN: 978-972-98456-9-7). Link

2.6. Morais, C., & Paiva, J. C. (2010). Desenvolvimento e aplicação de jogos educativos multimédia no estudo das Ciências Físico-Químicas no 7.º ano de escolaridade: Relato de uma experiência. Atas do I Congresso Internacional TIC e Educação (pp. 237–241). Lisboa. Link

2.5. Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2009). Estudo exploratório do impacto de alguns recursos digitais de Física junto de professores. Atas do XI Simpósio Internacional de Informática Educativa SIIE09. Coimbra. Link

2.4. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). Uma experiência de conceção e utilização de vídeos para introduzir o estudo da Química no ensino básico. Atas do VIII Congresso Ibero-Americano de Informática Educativa. San José, Costa Rica.

2.3. Paiva, J. C., & Morais, C. (2006). Molecularium: molecular simulations on line for the teaching of chemistry. Proceedings of the 8th European Conference on Research in Chemical Education (ECRICE). Budapeste, Hungria.

2.2. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). Chemistry in the kitchen, at the window out to the Web. Proceedings of the 8th European Conference on Research in Chemical Education (ECRICE). Budapeste, Hungria.

2.1. Morais, C., & Paiva, J. C. (2005). A Ciência na cozinha, pela janela da Web. Atas do VII Simpósio Internacional de Informática Educativa – SIIE05. Leiria, Portugal. Link

3. Nacionais em atas de congressos/encontros científicos com peer reviewed

3.1. Raposo, L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). GEO-GO – Uma aventura geográfica sob a forma de jogo educativo: Descrição do projeto e seu desenvolvimento. Atas do Encontro sobre Jogos e Mobile Learning. Coimbra. Link

A.1.5. RESUMOS EM ATAS DE CONGRESSOS E ENCONTROS CIENTÍFICOS

1. INTERNACIONAIS EM ATAS DE CONGRESSOS/ENCONTROS CIENTÍFICOS COM PEER REVIEWED

1.5. Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2018). Bridging scholars and practitioners: Towards a network based on chemistry teachers’ needs. In Book of Abstracts of the ECRICE 2018 – 14th European Conference on Research in Chemistry Education – EuCheMS – European Chemical Sciences (pp. 128-129). Varsóvia, Polónia. Link

1.4. Morais, C., Araújo, J. L., Oliveira, S., & Moreira, L. (2018). Chemistry in a primary school: storytelling and hand-on activities about water. In Book of Abstracts of the ECRICE 2018 – 14th European Conference on Research in Chemistry Education – EuCheMS – European Chemical Sciences (pp. 17-18). Varsóvia, Polónia. Link

1.3. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Chemistry by (the etymology of the) words: strategies to teach chemistry and challenge the borders of specialization. Book of Abstracts of the 7th Eurovariety – European Variety in University Chemistry Education – University Chemistry Education for the Challenges of Contemporary Society (pp. 97-98). Belgrado: Serbian Chemical Society. ISBN: 978-86-7132-065-8. Link

1.2. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Multimedia in Chemistry teaching in Portugal: a review of recent research. Book of Abstracts of the ECRICE 2016 – European Conference on Research in Chemistry Education – EuCheMS – European Chemical Sciences (p. 115). Barcelona: Catalan Chemical Society. Link

1.1. Morais, C., Barros, J., Moreira, L., Francisco, N., & Paiva, J. C. (2015). Getting students nearer to electrochemistry within inquiry and technology based activities: A case-study from Portugal. Proceedings of International Organization for Science and Technology Education (IOSTE) – Eurasian Regional Symposium and Brokerage Event Horizon 2020 (pp. 29-30). Istambul. ISBN – 978-605-355-391-5. Link1 Link2

2. NACIONAIS EM ATAS DE CONGRESSOS/ENCONTROS CIENTÍFICOS COM PEER REVIEWED

2.12. Araújo, J. L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2018). A ciência cidadã na aula de Química: um estudo das águas costeiras para monitorização da sua qualidade e da presença de microplásticos. In R. Ferreira, C. Vasconcelos, A. Cardoso & B. Mota. Resumos digitais das comunicações do IV Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 23-24). Porto. ISBN: 978-989-746-169-9. Link

2.11. Magalhães, C., Morais, C. & Pombo, P. (2017). Espaços Maker como locais não-formais de Educação em Ciências. In A. Peixoto, C. Sá, J. Oliveiro, L. Neves, S. Ramalho. Livro de Resumos do XVII Encontro Nacional de Educação em Ciências, XVII ENEC, I Seminário Internacional de Educação em Ciências, I SIEC -Educação em Ciências em múltiplos contextos, Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (pp. 121-122). Porto. Viana do Castelo. ISBN: 978-989-8756-12-1. Link

2.10. Magalhães, C., & Morais, C. (2017). Espaços Maker como locais não-formais de Educação em Ciências. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, P. S. Carvalho, R. A. Ferreira, J. Torres, D. Assemany & E. Sousa. Resumos digitais das comunicações do III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (pp. 27-28). Porto. ISBN: 978-989-746-118-7. Link

2.9. Vieira, H., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Músico-Química: atitudes de alunos de Música face às Ciências Físico-Químicas. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, P. S. Carvalho, R. A. Ferreira, J. Torres, M. Moreira & E. Sousa. Resumos digitais das comunicações do II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 24-25). Porto. ISBN: 978-989-746-089-0. Link

2.8. Silva, N., Morais, C., & Paiva, J. C. (2016). Descobrindo os segredos do NANOmundo. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, P. S. Carvalho, R. A. Ferreira, J. Torres, M. Moreira & E. Sousa. Resumos digitais das comunicações do II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 53). Porto. ISBN: 978-989-746-089-0. Link

2.7. Araújo, J., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). Poesia e metais alcalinos: construindo pontes para o estudo do raio atómico e da energia de ionização. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, & P. S. Carvalho, Resumos digitais das comunicações do I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 99). Porto. ISBN: 978-989-8753-08-3. Link

2.6. Saúde, I., Morais, C., Araújo, J., & Paiva, J. C. (2015). Utilização pedagógica de histórias para o ensino da Química: Uma experiência com alunos do 3º ciclo e do ensino pré-escolar. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, & P. S. Carvalho, Resumos digitais das comunicações do I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 95-96). Porto. ISBN: 978-989-8753-08-3. Link

2.5. Vieira, H., Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2015). Dialética Química e Música na potenciação do ensino da Química. In C. Morais, C. Vasconcelos, J. C. Paiva, M. G. Chaves, & P. S. Carvalho, Resumos digitais das comunicações do I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (p. 33). Porto. ISBN: 978-989-8753-08-3. Link

2.4. Sousa, E., Morais, C., Moreira, L., & Paiva, J. C. (2015). Teaching case: A forensic chemistry in the classroom. Atas do VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química, da Sociedade Portuguesa de Química (p. 205). Coimbra. Link

2.3. Ferreira, J., Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). Hands-on chemistry: New preschool challenge. Atas do VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química, da Sociedade Portuguesa de Química (p. 79). Coimbra. Link

2.2. Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2015). Projeto “Porque pirilampiscam os pirilampos?” – Oportunidades manifestas e latentes para a divulgação da Química. Atas do Congresso de Comunicação de Ciência (p. 86). Lagos. Link

2.1. Vieira, H., Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). “Músico-Química”: Um projeto para comunicar a Química através da Música. Atas do Congresso de Comunicação de Ciência (pp. 26-27). Lagos. Link

A.1.6. OUTRAS PUBLICAÇÕES

1. INTERNACIONAIS 

1.1. Paiva, J. C., Moreira, J., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Windows for Science-religion Dialogue in Portuguese School Education. Available at the International Association for Science and Religion in Schools. Link

A2.1. COORDENAÇÃO DE PROJETOS INTERNACIONAIS

1. Concluded

1.2. Projeto ERASMUS+ Development and Implementation of Innovative Methods of Teaching Math, Science and languages in the Multicultural European Classroom to Increase Student Literacy and Prevent Early School Leaving. O projeto integra 6 países europeus: Portugal, Croácia, Chipre, Alemanha, Islândia e Letónia, 2015-2017. Link

Função: Coordenador da consultoria científica da Faculdade de Ciências ao Agrupamento de Escolas Gaia Nascente (parceiro português)

Entidade financiadora: European Commission

1.1. Projeto europeu PROFILES – Professional Reflection-Oriented Focus on Inquiry-Based Learning and Education through Science. Equipa de investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, liderada pelo Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva, 2010-2015. Link1, Link2

International Project Partners: Freie Universität Berlin – Germany; University of Tartu – Estonia; Weizmann Institute of Science – Israel; University of Dundee – UK; University of Education – Schweiz; University of Joensuu – Finland; Linköping University – Sweden; University of Valladolid – Spain; University College, Cork – Ireland; University of Latvia – Latvia; University of Bremen – Germany; University Utrecht – Netherlands; University Klagenfurt- Austria; University of Technology – Cyprus; Valahia University Targoviste – Romania; Univ. of Maria Curie-Sklodowska – Poland; University di Camerino – Italy; Dokuz Eylul University – Turkey; ICASE – UK.

Função: Coordenadora executiva em Portugal

Entidade financiadora: European Commission, FP7 – Science-in-society-2010-1

Montante de financiamento: 3.837.022, 40 Euros (global); 111.600,00 Euros (FCUP)

A2.2. COORDENAÇÃO DE PROJETOS NACIONAIS

1. Concluídos

1.4. Projeto Química verde robótica, no âmbito do Projeto Ciência na Escola da Fundação Ilídio Pinho, em parceria com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, o INESTEC e o Externato de Vilã Meã, 2016-2017.

Função: Coordenador científico associado à participação da Faculdade de Ciências

Entidade Financiadora: Fundação Ilídio Pinho
Montante de financiamento: 500,00 Euros

1.3. Projeto Química pela Música, no âmbito do Projeto Ciência na Escola da Fundação Ilídio Pinho, em parceria com o Agrupamento de Escolas Gaia Nascente, 2016-2017.

Função:  Coordenador científico associado à participação da Faculdade de Ciências

Entidade Financiadora: Fundação Ilídio Pinho
Montante de financiamento: 500,00 Euros

1.2. Projeto Músico-Química: comunicar a Química através da Música, inserido no âmbito do Projeto SEI – Sociedade, Escola e Investigação, promovido pela Câmara Municipal do Porto e resultante de uma cooperação entre a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e o Conservatório de Música do Porto, 2014-2016. Link1 Link2 Link3 Link4 Link5

Função: Coordenador executivo

Entidade Financiadora: Câmara Municipal do Porto
Montante de financiamento: 975,00 Euros

1.1. Projeto Utilização de multimédia educativo no ensino das Ciências Físico-Químicas em Portugal financiando pela Fundação Francisco Manuel dos Santos e com a participação da Sociedade Portuguesa de Química, 2014-2015. Link

Função: Coordenador executivo

Entidade financiadora: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Montante de financiamento: 9.000,00 Euros

A2.3. PARTICIPAÇÃO EM PROJETOS INTERNACIONAIS

[Exceto os já referidos na qualidade de coordenadora.]

1. Concluídos

1.3. Projeto FCT: UT AUSTIN / PORTUGAL 2013-2017, em parceria com a Universidade do Porto, Universidade Nova de Lisboa e University of Texas at Austin (UTAUSTIN / PORTUGAL 2013 – 2017).

Função: Colaborador

Entidade Financiadora: FCT ‐ Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Montante de financiamento: 115.191,00 Euros

1.2. Projeto europeu Chemistry is All Around Network (Ref. 518300-llP-2011-ITCDMENIUS-CNW), a convite do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) que integra a equipa de treze parceiros provenientes de onze países europeus, 2011 -2014. Link

Função: Colaborador na qualidade de perito científico-pedagógico

Entidade Financiadora: European Commission – Lifelong Learning Programme
(Comenius Subprogramme – Multilateral Networks)

Montante de financiamento: 594.775,00 Euros (global); 25.068 Euros (IPB)

1.1. Projeto EnerEscolas – Eficiência Energética nas Escolas – desenvolvido pela empresa ISA (Intelligent Sensing Anywhere), em parceria com a portuguesa Take the Wind e a finlandesa Vaisala, 2010. Link1 Link2

Função: Colaborador na qualidade de perito científico-pedagógico

Entidade Financiadora: QREN – I&D em co-promoção ISA ENERGY EFFICIENCY, SA
Montante de financiamento: 300.219,34 Euros (IPB)

A2.4. PARTICIPAÇÃO EM PROJETOS NACIONAIS

[Exceto os já referidos na qualidade de coordenadora.]

1. Em curso

1.1. Projeto Sustainable Advanced Materials (SAM)  (NORTE-01-0145-FEDER-000028) (2016-2018).

Função: Colaborador

Entidade Financiadora: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional do Norte (NORTE2020)
Montante de financiamento: 1.147.469,45 Euros

A3.1. INVESTIGAÇÃO: BOLSAS DE DOUTORAMENTO E PÓS-DOUTORAMENTO

2. Bolseira de Pós-Doutoramento na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, no âmbito do projeto europeu PROFILES – Professional Reflection-Oriented Focus on Inquiry-Based Learning and Education through Science, 2012. Link

Descrição sucinta dos trabalhos: Promoção de abordagens com base no Inquiry-Based Science Education (IBSE) em dinâmicas de Formação Contínua de Professores. Coordenação e acompanhamento do Estudo Delphi no Ensino das Ciências com uma amostra nacional.

1. Bolseira de Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), na área da Química (SFRH/ BD/ 37070/ 2007). Link

A3.2. BOLSAS DE MOBILIDADE

2. Convite da Universidade de Pretória, África do Sul, para uma extensão do período de mobilidade (referido em 1) para mais 10 dias úteis, totalizando 15 dias úteis (16- 28 de outubro, 2017). Link

1. Selecionada e laureada com uma bolsa de mobilidade de Pessoal Académico de 5 dias úteis na Universidade de Pretória, África do Sul: projeto MOBILE+2, financiado pela Comissão Europeia no âmbito do programa “Erasmus+” (2017). Link1 Link2

A3.3. PAINÉIS DE ESPECIALISTAS INTERNACIONAIS

1. Membro do European Education and Training Expert Panel – preparação do European Framework para a cooperação em educação e formação (2018-2019). Link

A3.4. ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE INVESTIGAÇÃO

1. Teses de Doutoramento em curso

1.1. Como Orientador

1.1.9. Inácio, P. (2018-…). Interesse e consciência pública da ciência: hábitos, autoperceção de qualidade das experiências e contacto com recursos de divulgação da ciência. Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.8. Costa, I. (2018-…). Ciência cidadã: envolvimento do público na investigação e divulgação em astronomia. Coorientação: Professor Doutor Mário João Monteiro (FCUP). Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.7. Santos, S. (2018-…). Comunicação de Ciência e Transmedia: Um framework para estreitar a distância entre cientistas e cidadãos. Coorientação: Professor Doutor Nelson Zagalo (UA). Doctoral Program in Digital Media, Universidade do Porto (UT Austin | Portugal). (Bolseiro de Doutoramento FCT: SFRH/BD/140521/2018).

1.1.6. Vilela, M. (2016-…). O Inquiry no ensino secundário da Química: redesenhar as abordagens curriculares para a potenciação de competências. Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.5. Magalhães, C. (2016-…). Espaço (s) maker nos Centros Ciência Viva e a promoção de contextos de aprendizagem informal das STEM. Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.4. Monteiro, J. (2015-…). Narratives of our age: unveiling digital media storytelling for intergenerational interactions and cultural identity preservation. Coorientação: Professor Doutor Miguel Carvalhais (FBAUP). Doctoral Program in Digital Media, Universidade do Porto (UT Austin | Portugal). (Bolseira de Doutoramento do Programa UT Austin | Portugal: PD/BD/114139/2015).

1.1.3. Vieira, H. (2014-…). Ensino e aprendizagem de Química por analogia com a Música: Desenvolvimento e aplicação com alunos do 8.º ano de escolaridade do ensino básico de um curso artístico especializado em Música. Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.2. Fernandes, S. (2014-…). Laboratório químico de baixo custo: Implementação e avaliação de dinâmicas pratico-laboratoriais para o 3.º ciclo do ensino básico. Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.1.1. Morais, E. (2013-…). Development of multimedia educational resources enhancing blended learning methods in Higher Arts Education. Coorientação: Professor Doutor João Carlos Paiva (FCUP). Doctoral Program in Digital Media, Universidade do Porto (UT Austin | Portugal). (Bolseiro de Doutoramento FCT: PD/BD/128416/2017)

1.2. Como Coorientador

1.2.3. Araújo, J. (2017-…). Desenvolvimento de dinâmicas e estratégias de potenciação pedagógica em projetos de ciência participativa: um estudo em Química no ensino básico. Orientação: Professor Doutor João Carlos Paiva (FCUP). Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. (Bolseiro de Doutoramento FCT: SFRH/BD/132482/2017).

1.2.2. Moreira, L. (2014-…). The digital media in the Portuguese education: practices and representations. Orientação: Professor Doutor João Carlos Paiva (FCUP). Doctoral Program in Digital Media, Universidade do Porto. (Bolseiro de Doutoramento do Programa UT Austin | Portugal: PD/BD/114152/2015).

1.2.1. Francisco, N. (2013-…). Produção colaborativa de módulos inquiry, sua implementação e avaliação no ensino da Química do 11º ano de escolaridade. Orientação: Professor Doutor João Carlos Paiva (FCUP). Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

1.3. Como Coorientador de parte de Doutoramento misto realizado em Portugal

1.3.2. Pauletti, F. (2017). Pesquisa como princípio pedagógico: concepções e práticas.  Orientação: Professor Maurivan Güntzel Ramos. Doutoramento em Educação em Ciências e Matemática, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Link1 Link2

1.3.1. Faria, F. (2015). A Química numa visão de ciência integrada e sua contribuição para a formação cidadã: Um estudo a partir de escolas com abordagens de ensino-aprendizagem diferenciadas. Orientação: Professora Doutora Ivoni de Freitas Reis. Doutoramento em Ensino da Química, Universidade Federal de Juiz de Fora, Instituto de Ciências Exatas. Link1 Link2

2. Dissertações de Mestrado concluídas

2.1. Como Orientador

2.1.19. Carreira, M. (2018). Curadoria digital e novas literacias: um estudo de caso com o Pinterest no Ensino Artístico. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 19 de julho de 2018. Link

2.1.18. Moreira, E. (2018). Ensino online da olaria da roda baixa – um estudo das representações sociais. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP) e Mestre Maria Restivo (FLUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 19 de julho de 2018. Link

2.1.17. Teixeira, A. (2018). Marine litter: Social representations and persuasion in science communication through infographics. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 19 de julho de 2018. Link

2.1.16. Melo, M. (2018). Representações sociais do multimédia nas telenovelas portuguesas: elementos para uma abordagem transmedia. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP). Mestrado em Multimédia (Cultura e Artes), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2018. Link

2.1.15. Mota, J. (2017). Multimédia no ensino das ciências: de um repositório a uma comunidade Educação. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2017. Link

2.1.14. Martins, C. (2017). Imagens do Moodle: representações do ensino digital no ensino superior. Coorientação: Mestre Luciano Moreira (FEUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2017. Link

2.1.13. Almeida, D. (2016). Gamificação do ensino da programação num curso profissional da área das ciências informáticas. Coorientação: Professor Doutor António Coelho (FEUP). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 14 de julho de 2016. Link

2.1.12. Martins, R. (2015). Desenvolvimento de um Ambiente Digital de Aprendizagem no Ensino de ‘Introdução ao CAD’ num curso EFA – Técnico de Manutenção Industrial. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 16 de julho de 2015. Link

2.1.11. Carneiro, R. (2014). A WebQuest na aula de Estudo do Meio: Um estudo de caso com alunos do 4º ano do 1º ciclo do ensino básico. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 21 de julho de 2014. Link

2.1.10. Barata, M. (2014). Quiosques interativos: O cérebro humano – narrativas digitais, desenvolvimento e avaliação, num espaço de educação não formal. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 21 de julho de 2014. Link

2.1.9. Pinho, M. A. (2013). Investigação-ação e as tecnologias multimédia na disciplina de Aplicações Informáticas e Sistemas de Exploração: Um estudo com alunos do 11.º ano de escolaridade no âmbito da lecionação do módulo de Tecnologias de Redes de Computadores no Curso Profissional de Técnico de Informática de Gestão. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 8 de outubro de 2013. Link

2.1.8. Seixas, P. (2013). MINGOS – plataforma educacional para utilizadores seniores: Desenvolvimento e experiência de aplicação com estudantes da Universidade Sénior da Póvoa de Varzim. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2013. Link

2.1.7. Santos, D. (2013). E-readers na Sala de Aula: uma experiência de leitura de livros eletrónicos na International House. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2013. Link

2.1.6. Albino, J.(2013). O recurso a jogos de edutainment no ensino do processador de texto, folha de cálculo e apresentações eletrónicas: Uma experiência com alunos do 9.º ano de escolaridade, na disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2013. Link

2.1.5. Xambre, L. (2013). Formação de professores e construção colaborativa de guidelines direcionados para o desenvolvimento de software educativo. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 15 de julho de 2013. Link

2.1.4. Raposo, L. (2012). Conceção do educational game design document e desenvolvimento de um protótipo de jogo educativo para dispositivos móveis. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 12 de outubro de 2012. Link

2.1.3. Silva, F. (2012). A presença dos media na formação dos alunos de licenciatura do Brasil. Uma análise sobre a utilização do vídeo durante a formação inicial e contínua de professores e a sua integração na sala de aula da Escola Básica. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 19 de setembro de 2012. Link

2.1.2. Gaião, C. (2012). A Multimédia como meio de educação e divulgação do património cultural. Proposta de plataforma multimédia aplicada ao Castelo de Santa Maria da Feira. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 19 de setembro de 2012. Link

2.1.1. Guedes, V.(2011). Desenvolvimento, implementação e avaliação de uma atividade com os pais no computador (APC): Um estudo com alunos do 8.º ano e respetivos pais. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 27 de outubro de 2011. Link

2.2. Como Coorientador

2.2.6. Saltik, H. (2017). Transmedia Storytelling in education: English language teachers’ acceptance of application of Transmedia Storytelling to teaching contexts. Orientação: Professor Doutor António Andrade (Universidade Católica Portuguesa). Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 17 de julho de 2017. Link

2.2.5. Ramos, T. (2016). Avaliação de um curso online desenvolvido para estudantes de engenharia: estudo do caso “Certificado de Infoliteracia”. Orientação: Professora Doutora Cristina Ribeiro (FEUP). Mestrado em Ciência da Informação, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Provas de mestrado realizadas a 14 de julho de 2016. Link

2.2.4. Rocha, H. (2014). Desenvolvimento de uma interface para um sistema de monitorização aplicado ao ensino especial. Mestrado em Multimédia (Tecnologias), Universidade do Porto. Orientação: Professor Doutor Miguel Carvalhais e Professor Doutor Tiago Assis (FBAUP). Provas de mestrado realizadas a 28 de julho de 2014. Link

2.2.3. Monteiro, J. (2013). A narrativa multilinear no livro digital educativo: Uma experiência de desenvolvimento e utilização com alunos do 1º ciclo do ensino básico. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Orientação: Professor Doutor Miguel Carvalhais (FBAUP). Provas de mestrado realizadas a 22 de julho de 2013. Link

2.2.2. Mesquita, J. (2013). Question Shapes – O jogo didático como forma de estudo em assuntos e práticas específicas”. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Orientação: Professor Doutor Carlos Morais (IP Bragança). Provas de mestrado realizadas a 22 de julho de 2013. Link

2.2.1. Ferreira, A. (2013). Coaching e Programação Neuro-Linguística na Educação – Planificação, implementação e avaliação de uma formação e-learning em ferramentas de motivação para docentes. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Orientação: Professor Doutora Piedade Vaz (Universidade de Coimbra). Provas de mestrado realizadas a 15 de julho de 2013. Link

 

3. Dissertações de mestrado em curso

3.1. Como orientador

3.1.3. Silva, T. (2018). Mobile-Assisted Language Learning and Affective Second Language Acquisition: Educators’ Perception of Mobile Devices in Affective Teaching. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Coorientação: Mestre Luciano Moreira.

3.1.2. Pereira, L. (2018). A Realidade Aumentada no contexto da comunicação da ciência. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Coorientação: Mestre Luciano Moreira.

3.1.1. Simões, T. (2018). Caracterização do uso do multimédia em espaços de divulgação científica Portugueses e sua relação com os paradigmas e modelos de divulgação da ciência. Mestrado em Multimédia (Educação), Universidade do Porto. Coorientação: Mestre Luciano Moreira.

4. Relatórios de estágio e de projeto concluídos

4.1. Relatórios de estágio no âmbito de Mestrado profissionalizante – como Orientador da componente de Química

4.1.9. Hahn, M. (2018). Estudo de caso: Determinação da constante de acidez (Ka) de um ácido fraco usando uma simulação computacional. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 16 de julho de 2018.

4.1.8. Freire, M. (2018). A utilização dos mapas de conceitos no estudo das ligações químicas no 9.º de escolaridade. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 16 de julho de 2018.

4.1.7. Oliveira, S. (2016). Inquiry no ensino de reações ácido-base: aplicação e impacte. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 18 de julho de 2016.

4.1.6. Magalhães, C. (2016). Webquest “Eletroquímica”: desenvolvimento e aplicação com alunos de 11.º ano. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 18 de julho de 2016.

4.1.5. Pais, M. (2015). Tabela Periódica dos elementos: desenvolvimento e aplicação de uma WebQuest. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 17 de julho de 2015.

4.1.4. Saúde, I. (2014). Utilização pedagógica de histórias para o ensino da Química: Uma experiência com alunos do 8.º ano e do ensino pré-escolar. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 24 de julho de 2014.

4.1.3. Araújo, J. (2014). A Química e a poesia: Desenvolvimento e implementação de estratégias pedagógicas. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 24 de julho de 2014.

4.1.2. Monteiro, S. (2013). WebQuest “A indústria química”: Desenvolvimento e aplicação com alunos do 11.º ano. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 24 de julho de 2013.

4.1.1. Vieira, H. (2013). Módulo inquiry “Estudo de perturbações de equilíbrio químico”: Desenvolvimento e aplicação com alunos de 11.º ano. Relatório de estágio do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Apresentação e discussão realizadas a 24 de julho de 2013.

4.2. Relatórios de projeto no âmbito da Licenciatura em Química – como Coorientador

4.2.8. Filho, V. (2015). Ensino da Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: um caso no tema ácido-base. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Ana Reis. Apresentação e discussão realizadas a 21 de julho de 2015.

4.2.7. Rodrigues, F. (2015). Ensino de Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: titulação condutimétrica – um caso no tema ácido-base. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Ana Reis. Apresentação e discussão realizadas a 21 de julho de 2015.

4.2.6. Santos, S. (2015). A Química Nuclear no Ensino Secundário. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Ana Reis. Apresentação e discussão realizadas a 21 de julho de 2015.

4.2.5. Costa, I. (2014). Ensino da Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: Eletrólise – um caso no tema oxidação-redução. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Maria das Dores Ribeiro da Silva. Apresentação e discussão realizadas a 4 de julho de 2014.

4.2.4. Souza, F. (2014). Ensino da Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: Corrosão – um caso no tema oxidação-redução. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Maria das Dores Ribeiro da Silva. Apresentação e discussão realizadas a 4 de julho de 2014.

4.2.3. Brito, J. (2014). Ensino da Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: Chuvas ácidas – um caso no tema ácido-base. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Ana Reis. Apresentação e discussão realizadas a 4 de julho de 2014.

4.2.2. Silva, C. (2014). Ensino da Química, realidade portuguesa e ‘pontes’ com o Brasil: Titulações ácido-base – um caso no tema ácido-base. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professora Doutora Ana Reis. Apresentação e discussão realizadas a 4 de julho de 2014.

4.2.1. Lopes, A. (2013). A Química na memória. Relatório de projeto da Licenciatura em Química da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Coorientação: Professor Doutor João Carlos Paiva. Apresentação e discussão realizadas a 24 de julho de 2013.

A3.5. PERTENÇA A CENTROS DE INVESTIGAÇÃO, SOCIEDADES CIENTÍFICAS E A LABORATÓRIOS

1. Centro de investigação

1.2. Membro integrado do Centro de Investigação em Química da Universidade do Porto (2011 – …). Link

1.1. Pertença ao Centro de Física Computacional da Universidade de Coimbra (2005-2010).

2. Membro de sociedades e associações científicas

2.7. Network for the Public Communication of Science and Technology (number: A05352)

2.6. Associação Nacional de Educação em Ciências, APEduC (number: 57)

2.5. Associação Nacional de Comunicação de Ciência, SciCom

2.4. Association for Educational Communications and Technology (AECT) – AECT (number: 33437)

2.3. European Science Education Research Association (ESERA) – ESERA (number: 1999)

2.2. Associação Ibero-Americana CTS na Educação em Ciência (AIA-CTS) (sócio: 71)

2.1. Sociedade Portuguesa de Química (SPQ); Divisão de Ensino e Divulgação da Química (sócio: 4705)

3. Membro de laboratórios integrados no Media Innovation Lab (MIL) da Universidade do Porto

3.2. Digital Media Learning Lab (DMLL)

3.1. Science Communication Open Lab (SCOL)

A4.1. COMUNICAÇÕES EM CONGRESSOS E ENCONTROS CIENTÍFICOS

1. Internacionais – convidada

1.2. Morais, C. (2018). Storytelling with Chemistry and hands-on activities. European Day of Exchange on Chemistry Outreach, 2018. Sète, França, 23 e 24 de maio de 2018. Link1 Link2 Link3

1.1. Morais, C. (2016).  Os processos experimentais no Ensino/Aprendizagem das Ciências. III Encontro Internacional da Casa das Ciências, 2016. Porto, 11-13 de julho de 2016. Link1 Link2

2. Internacionais

2.47. Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2018). Bridging scholars and practitioners: Towards a network based on chemistry teachers’ needs. ECRICE 2018 – 14th European Conference on Research in Chemistry Education – EuCheMS – European Chemical Sciences, Varsóvia, Polónia, 2-6 de setembro de 2018. Link

2.46. Morais, C., Araújo, J. L., Oliveira, S., & Moreira, L. (2018). Chemistry in a primary school: storytelling and hand-on activities about water. ECRICE 2018 – 14th European Conference on Research in Chemistry Education – EuCheMS – European Chemical Sciences, Varsóvia, Polónia, 2-6 de setembro de 2018. Link

2.45. Teixeira, A., Morais, C., & Moreira, L. (2018). Digital infographics on marine litter: Social representations and science communication. EduLearn 2018, Palma de Maiorca, Espanha, 2-4 de julho de 2018. Link

2.44. Mota, J., Morais, C., & Moreira, L. (2018). Multimedia in science teaching: Bridging scholars and science educators. EduLearn 2018, Palma de Maiorca, Espanha, 2-4 de julho de 2018. Link

2.43. Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2018). Learning effects of different digital-based approaches in chemistry: A quasi-experimental assessment. 1st International Conference on Technology and Innovation in Learning, Teaching and Education, Tessalónica, Grécia, 20-22 de junho de 2018. Link

2.42.  Monteiro, J., Morais, C., & Carvalhais, M. (2017). NOOA: Maintaining Cultural Identity through Intergenerational Storytelling and Digital Affinity SpacesICIDS 2017: 10th International Conference on Interactive Digital Storytelling, Funchal, Madeira, 14-17 de novembro de 2017. Link

2.41.  Monteiro, J., Morais, C., & Carvalhais, M. (2017). Interactive Storytelling for the Maintenance of Cultural Identity: The Potential of Affinity Spaces for the Exchange and Continuity of Intergenerational Cultural Knowledge. ICIDS 2017: 10th International Conference on Interactive Digital Storytelling, Funchal, Madeira, 14-17 de novembro de 2017. Link

2.40. Morais, C., Moreira, L., Paiva, J. C., Monteiro, J., Vieira, H., & Santos, D. (2017). Chemistry 2.0: building and disseminating chemistry through students-generated web 2.0 content. 8th UNISA/ISTE Conference – Towards Effective Teaching and Meaningful Learning in Mathematics, Science and Technology Education, Kruger National Park, Mopani camp, Phalaborwa, Limpopo, África do Sul, 22-26 de outubro de 2017. Link

2.39. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Activities with parents on the computer: science teachers’ views. ESERA2017, 12th Biannual Conference of the European Science Education Research Association (ESERA), Dublin, Irlanda, 21-25 de agosto de 2017. Link1 Link2

2.38. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Chemistry by (the etymology of the) words: strategies to teach chemistry and challenge the borders of specialization. 7th Eurovariety – European Variety in University Chemistry Education, Belgrado, Sérvia, 27-29 de junho de 2017Link

2.37. Mota, J., Morais, C., & Moreira, L. (2017). Social learning systems: closing the gap between scholars and science educators. X Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017. Braga, Portugal, 8-10 de maio de 2017Link

2.36. Paiva, J. C, Morais, C., & Moreira, L. (2016). If not from evolution neither from the Bible, where does tension come from? Insights from a survey with high education students in a Catholic society. Science and Religion in Education Conference. Oxford, 28 de outubro de 2016. Link

2.35. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Multimedia in science teaching: pedagogical designs and research options in the Portuguese education between 2010-2014. EDULEARN16, the 8th annual International Conference on Education and New Learning Technologies, Barcelona, Espanha, 4-6 de julho de 2016Link

2.34. Moreira, L., Vieira, H., Morais, C., Sousa, A., Costa, H., & Paiva, J.C. (2016). The social representations of (green) chemistry and robotics among teenagers: an exploratory study.  EDULEARN16, the 8th annual International Conference on Education and New Learning Technologies, Barcelona, Espanha, 4-6 de julho de 2016Link

2.33. Moreira, L., Paiva, J. C., & Morais, C. (2016).  The digital media in the Portuguese education: representations and practices. UT Austin|Portugal Annual Conference 2016. Lisboa, Portugal, 23-24 de maio de 2016. Link

2.32. Monteiro, J., Morais, C. & Carvalhais, M. (2016).  NooA – Narratives of our Age: Unveiling digital storytelling in intergenerational dynamics and in the building of cultural heritage. UT Austin|Portugal Annual Conference 2016. Lisboa, Portugal, 23-24 de maio de 2016. Link

2.31. Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2016). Attitudes towards science and religion: insights from a questionnaire validation with Secondary Education students. 5th International Conference New Perspectives in Science Education, Florença, Itália, março de 2016. Link

2.30. Vieira, H., Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2016). Attitudes towards Physics and Chemistry: insights from a questionnaire validation with music students. 5th International Conference New Perspectives in Science Education, Florença, Itália, março de 2016. Link

2.29. Morais, C., Paiva, J. C., Barros, J., Francisco, N., & Moreira, L. (2015). Teachers’ needs and self-efficacy perceptions in inquiry-based science education: a continuing professional development course in Portugal. ESERA2015, 11th Biannual Conference of the European Science Education Research Association (ESERA), Helsínquia, Finlândia, 31 de agosto a 4 de setembro de 2015. Link

2.28. Vieira, H., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). Science education in contemporary society: an inquiry module to teach chemical equilibrium. ESERA2015, 11th Biannual Conference of the European Science Education Research Association (ESERA), Helsínquia, Finlândia, 31 de agosto a 4 de setembro de 2015. Link1 Link2

2.27. Morais, C., Barros, J., Moreira, L., Francisco, N., & Paiva, J. C. (2015). Getting students nearer to electrochemistry within inquiry and technology based activities: A case-study from Portugal. International Organization for Science and Technology Education (IOSTE) – Eurasian Regional Symposium and Brokerage Event Horizon 2020, Istambul, Turquia, 24 a 26 de abril de 2015. Link

2.26. Morais, C., Moreira, L., & Paiva, J. C. (2014). Methodological approaches used to study information and communication technologies in education: A systematic review of literature of the Portuguese scientific production in Scopus and Web of Science. 7th International Conference of Education, Research and Innovation (ICERI 2014), Sevilha, Espanha, 17 a 19 de novembro, 2014. Link

2.25. Santos, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). E-readers at classroom: experience of reading e-books with e-readers in English classes for Portuguese students. 7th International Conference of Education, Research and Innovation (ICERI 2014), Sevilha, Espanha, 17 a 19 de novembro de 2014. Link

2.24. Morais, C., Moreira, J., & Paiva, J. C. (2014). Methodological approaches used to investigate “online learning”: A systematic review of the Portuguese scientific production in SCOPUS and Web of Science. III Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 14 a 16 de novembro de 2014. Link1 Link2

2.23. Xambre, L., & Morais, C. (2014). Formação de professores e desenvolvimento de recursos educativos digitais recorrendo a ferramentas da Web 2.0. III Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 14 a 16 de novembro de 2014. Link1 Link2

2.22. Santos, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Livros eletrónicos na sala de aula. III Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 14 a 16 de novembro de 2014. Link1 Link2

2.21. Monteiro, J., Morais, C., & Carvalhais, M. (2014). Livro digital de narrativa multilinear na esfera educativa: Uma experiência de desenvolvimento e utilização com alunos do 1.º ciclo do ensino básico. III Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 14 a 16 de novembro de 2014. Link1 Link2

2.20. Ferreira, A., Vaz, P., & Morais, C. (2014). Coaching e programação neurolinguística como ferramentas de motivação para docentes: Caraterização e avaliação de uma formação e-learning. 7th International Conference of Education, Research and Innovation (ICERI 2014), Sevilha, Espanha, 17 a 19 de novembro de 2014. Link1 Link2

2.19. Gonçalves, J., Martins, P., Morais, C., Barros, J., Paiva, J. C., & Francisco, N. (2014). Have you ever wondered why our clothing changes color in the disco? A PROFILES scenario to contextualizing and promoting the study of introductory light, color and matter. 2nd International PROFILES Conference in Berlin, Berlim, Alemanha, 25 a 27 de agosto de 2014. Link

2.18. Moutinho, A., Machado, S., Pacheco, M., Morais, C., Barros, J., Paiva, J. C., & Francisco, N. (2014). Green or mature wine? Can we distinguish them without tasting? 2nd International PROFILES Conference in Berlin, Berlim, Alemanha, 25 a 27 de agosto de 2014. Link

2.17. Fernandes, S., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Discovering chemistry through food: History, concepts and knowledge. International Conference on Successful Experiences and Good Practices in Chemistry Education, Bragança, Portugal, 21 de maio de 2014. Link

2.16. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2013). Technological support for inquiry-based learning: Development and use of digital resources in science education within the European Project Profiles. 6th International Conference of Education, Research and Innovation (ICERI 2013), Sevilha, Espanha, 18 a 20 de novembro de 2013. Link

2.15. Francisco, N., Morais, C., & Paiva, J. C. (2013). Módulos inquiry: Uma metodologia diferenciada em Ciência. IV Congresso Internacional de Educação Diferenciada, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal, 19 e 20 de abril de 2013. Link

2.14. Morais, C., Paiva, J. C., Ribeiro da Silva, M.D.M.C., & Alves, C. (2013). Soluções aquosas de eletrólitos fortes: Uma simulação para a aprendizagem da Química em solução. I Encontro Internacional da Casa das Ciências, Lisboa, Portugal, 21 e 22 de março de 2013. Link1 Link2

2.13. Parada, A., Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). WEEDU: Plataforma Web 2.0 como suporte de ambientes pessoais de aprendizagem. II Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 30 de novembro a 02 de dezembro de 2012. Link

2.12. Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). O b-learning promovendo a formação contínua de professores de Ciências no âmbito do projeto europeu PROFILES: Descrição da experiência portuguesa. II Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 30 de novembro a 02 de dezembro de 2012. Link

2.11. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2012). Inquiry-based science education and continuous professional development within a European project: Some considerations about its development in Portugal. 5th International Conference of Education, Research and Innovation (ICERI 2012), Madrid, Espanha, 19 a 21 de novembro de 2012. Link

2.10. Rosinhas, T., Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). Discover the introductory organic chemistry with PARSEL module “Chemistry and oral hygiene”. 1st International PROFILES Conference in Berlin, Berlim, Alemanha, 24 a 26 de setembro de 2012. Link

2.9. Francisco, N., Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2012). Do you need Chemistry in order to be a good bone surgeon? Using PARSEL module to contextualizing and promote the study of introductory electrochemistry. 1st International PROFILES Conference in Berlin, Berlim, Alemanha, 24 a 26 de setembro de 2012. Link

2.8. Parada, A., Morais, C., & Paiva, J. C. (2011). PLE para uma aprendizagem colaborativa on-line. VII Conferência Internacional de TIC na Educação, Universidade do Minho, Braga, Portugal, 12 e 13 de maio de 2011. Link

2.7. Morais, C., & Paiva, J. C. (2010). Desenvolvimento e aplicação de jogos educativos multimédia no estudo das Ciências Físico-Químicas no 7.º ano de escolaridade: Relato de uma experiência. I Encontro Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 19 e 20 de novembro de 2010. Link

2.6. Morais, C., Barros, J., & Paiva, J. C. (2009). Estudo exploratório do impacto de alguns recursos digitais de Física junto de professores. XI Simpósio Internacional de Informática Educativa – SIIE09, Coimbra, Portugal, 18 a 20 de novembro de 2009.

2.5. Morais, C., Paiva, J. C., & Barros, J. (2007). WebQuest improvement of the chemical equilibrium study. 6th IASTED International Conference on Web-based Education (WBE 2007), Le Majestic Centre De Congrès, Chamonix, França, 14 a 16 de março de 2007. Link

2.4. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). Uma experiência de conceção e utilização de vídeos para introduzir o estudo da Química no ensino básico. VIII Congresso Ibero-Americano de Informática Educativa, San José, Costa Rica, 13, 14 e 15 de novembro de 2006.

2.3. Paiva, J. C., & Morais, C. (2006). Molecularium: Molecular simulations on line for the teaching of chemistry. 8th European Conference on Research in Chemical Education (ECRICE), Budapeste, Hungria. Link

2.2. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). Chemistry in the kitchen, at the window out to the Web. 8th European Conference on Research in Chemical Education (ECRICE), Budapeste, Hungria. Link

2.1. Morais, C., & Paiva, J. C. (2005). A Ciência na cozinha, pela janela da Web. VII Simpósio Internacional de Informática Educativa – SIIE05, Leiria, Portugal. Link

3. Nacionais

3.23. Araújo, J. L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2018). A ciência cidadã na aula de Química: um estudo das águas costeiras para monitorização da sua qualidade e da presença de microplásticos. IV Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 6 e 7 de julho de 2018. Link

3.22. Magalhães, C., Pombo, P., & Morais, C. (2017). Os Espaços Maker como promotores do envolvimento de famílias em Centros de Ciência. Congresso de Comunicação de Ciência, SciCom Pt 2017, Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, Coimbra, 12 e 13 de outubro 2017Link

3.21. Monteiro, J., Carvalhais, M., & Morais, C. (2017). Envolvimento do público jovem em atividades de leitura: Uma abordagem de narrativa multilinear para a gamificação da leitura e aprendizagem informal com livros digitais educativos. Colóquio Narrativa, Média e Cognição, Universidade da Beira Interior, Covilhã, 4 de outubro de 2017Link

3.20. Magalhães, C., Morais, C. & Pombo, P. (2017). Espaços Maker como locais não-formais de Educação em Ciências. XVII Encontro Nacional de Educação em Ciências (XVII ENEC), Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, 14-16 de setembro de 2017Link

3.19. Magalhães, C., & Morais, C. (2017). Espaços Maker como locais não-formais de Educação em Ciências. III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 7 de julho de 2017Link

3.18. Vieira, H., Morais, C, Paiva, J. C., & Moreira, L. (2016). “Músico-Química: divulgação da Química e introdução à prática científica com alunos pré-universitários”. Congresso de Comunicação de Ciência, SciCom Pt 2016, 26 e 27 de Maio, Pavilhão do Conhecimento, Lisboa. Link

3.17. Araújo, J., Morais, C., & Paiva, J. C. (2015). Poesia e metais alcalinos: construindo pontes para o estudo do raio atómico e da energia de ionização. I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 8 de julho de 2015. Link

3.16. Saúde, I., Morais, C., Araújo, J., & Paiva, J. C. (2015). Utilização pedagógica de histórias para o ensino da Química: Uma experiência com alunos do 3º ciclo e do ensino pré-escolar. I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 8 de julho de 2015. Link

3.15. Vieira, H., Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2015). Dialética Química e Música na potenciação do ensino da Química. I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, 8 de julho de 2015. Link

3.14. Sousa, E., Morais, C., Moreira, L., & Paiva, J. C. (2015). Teaching case: A forensic chemistry in the classroom. VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química da Sociedade Portuguesa de Química, Universidade de Coimbra, Portugal, 1 a 3 de julho de 2015. Link

3.13. Ferreira, J., Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). Hands-on chemistry: New preschool challenge. VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química da Sociedade Portuguesa de Química, Universidade de Coimbra, Portugal, 1 a 3 de julho de 2015. Link

3.12. Morais, C., Paiva, J. C., & Moreira, L. (2015). Projeto “Porque pirilampiscam os pirilampos?” – Oportunidades manifestas e latentes para a divulgação da Química. Congresso de Comunicação de Ciência, SciCom Pt 2015, Centro Cultural de Lagos, 28 a 30 de maio de 2015. Link

3.11. Vieira, H., Paiva, J. C., Morais, C., & Moreira, L. (2015). “Músico-Química”: Um projeto para comunicar a Química através da Música. Congresso de Comunicação de Ciência, SciCom Pt 2015, Centro Cultural de Lagos, 28 a 30 de maio de 2015. Link

3.10. Morais, E., Morais, C., & Paiva, J. C. (2014). Mitos e realidades do e-learning: Um estudo exploratório de estudantes da Universidade do Porto. Seminário Educação a Distância e Diversidade no Ensino Superior, Universidade Aberta, Porto, Portugal, a 4 de julho de 2014. Link1, Link2

3.9. Francisco, N., Morais, C., & Paiva, J. C. (2013). Produção colaborativa de módulos inquiry, sua implementação e avaliação no ensino da Química do 11º ano de escolaridade. Fórum INQUIRE, Jardim Botânico de Coimbra, Coimbra, Portugal, 4 e 5 de outubro de 2013. Link

3.8. Raposo, L., Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). GEO-GO – Uma aventura geográfica sob a forma de jogo educativo: Descrição do projeto e seu desenvolvimento. Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Coimbra, Coimbra, Portugal, 26 de outubro de 2012. Link1, Link2

3.7. Ribeiro, D., Morais, C., & Paiva, J. C. (2012). The PROFILES project as a way to provide continuous professional development of the science teachers. 3rd Portuguese Young Chemistry Meeting, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Porto, Portugal, 9 a 11 de maio de 2012. Link1 Link2

3.6. Alves, C., Morais, C., Paiva, J. C., & Ribeiro da Silva, M. (2012). Strong electrolyte aqueous solutions: Solute concentration. Computer simulation development. 5.º Encontro de Investigação Jovem da Universidade do Porto (IJUP), Universidade do Porto, Porto, Portugal, 22 a 24 de fevereiro de 2012. Link

3.5. Paiva, J. C., & Morais, C. (2012). Multimédia no ensino da Química: Alicerces de e‑learning no desenho de estratégias de eficácia pedagógica e de formação de promotores de literacia científica. Workshop de e-learning da Universidade do Porto, FMDUP, Porto, Portugal, 11 de janeiro de 2012. Link1, Link2, Link3

3.4. Beleza, M. R., Paiva, J. C., & Morais, C. (2011). WebQuest – Investigando a chuva ácida. XXII Encontro Nacional da Sociedade Portuguesa de Química/XXII ENSPQ, Universidade do Minho, Braga, Portugal, 3 a 6 de julho de 2011. Link

3.3. Paiva, J. C., & Morais, C. (2007). WebQuests: Otimização da exploração pedagógica na Web. 5.º Encontro Nacional da Divisão de Ensino e Divulgação da Química, Braga, Portugal, 8 a 10 de novembro de 2007. Link

3.2. Morais, C., & Paiva, J. C. (2006). WebQuests associadas a manuais escolares. Encontro sobre WebQuest, Braga, Portugal. Link

3.1. Paiva, J. C., Morais, C., & Barros, J. (2005). Uso das tecnologias de informação e comunicação na escola. 4.º Encontro Nacional da Divisão de Ensino e Divulgação da Química – 4.º DEDQ, Lisboa, Portugal. Link

A4.2. MODERAÇÃO DE SESSÕES EM CONGRESSOS E ENCONTROS CIENTÍFICOS

1. Internacionais

1.6. Moderação da sala temática: Digital Resources for Science Teaching and Learning, no ESERA2017, 12th Biannual Conference of the European Science Education Research Association, Dublin, Irlanda, 21-25 de agosto de 2017.

1.5. Moderação da sala temática: The role of history of chemistry and philosophy of science in university education, no 7th Eurovariety – European Variety in University Chemistry Education, Belgrado, Sérvia, 27-29 de junho de 2017Link

1.4. Moderação das comunicações apresentadas na sessão paralela “S3: SALA-12”, na X Conferência Internacional de TIC na Educação – Challenges 2017. Braga, Portugal, 8-10 de maio de 2017Link

1.3. Moderação da sala temática: Training of Science Teachers, no 5th International Conference New Perspectives in Science Education, Florença, Itália, 17 e 18 de março de 2016.  Link

1.2. Moderação da sala temática: E-learning no Ensino Superior e na Formação Profissional, no ticEDUCA 2014 – III Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 14 a 16 de novembro de 2014.

1.1. Moderação da sala temática: E-learning e aplicações educativas emergentes, no ticEDUCA 2012 – II Congresso Internacional TIC e Educação, Lisboa, Portugal, 30 de novembro a 02 de dezembro de 2012.

2. Nacionais

2.7. Moderação da sala temática: Teaching Challenges, no XXV Encontro Nacional da Sociedade Portuguesa de Química, Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, 16- 19 de julho de 2017.

2.6. Moderação da plenária temática: “Teachers Professional Development regarding Inquiry- and Context-Based Science Education”, proferida pela Doutora Rachel Mamlok-Naaman, do Departamento de Ensino das Ciências, Weizmann Institute of Science, Israel, no III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Porto, Portugal, 7 de julho de 2017.

2.5. Moderação da sessão 4.1 comunicações orais e comunicações breves no 2.º Encontro de História da Ciência no Ensino, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal, 26 e 27 de maio de 2017.

2.4. Moderação da plenária temática: “Moléculas pela luz das estrelas”, proferida pelo Professor Doutor Paulo Ribeiro Claro, da Universidade de Aveiro, no II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Porto, Portugal, 8 de julho de 2016.

2.3. Moderação da plenária temática: 8 Metais a.C., proferida pelo Professor Doutor António Moura, da Universidade do Porto, no I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências, Porto, Portugal, 8 de julho de 2015.

2.2. Moderação da plenária temática: Um portfólio de atividade de promoção e divulgação da química, proferida pelo Professor Doutor Paulo Ribeiro Claro, da Universidade de Aveiro, no VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química, Coimbra, Portugal, 1 a 3 de julho de 2015.

2.1. Moderação da sessão Pechakucha, no VI Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química, Coimbra, Portugal, 1 a 3 de julho de 2015.

A4.3. PERTENÇA A COMISSÕES CIENTÍFICAS DE CONGRESSOS E ENCONTROS CIENTÍFICOS

1. Internacionais

1.12. 14th European Conference on Research in Chemical Education (14th ECRICE – 2018), University of Warsaw, Faculty of Chemistry, Polónia. Link

1.11. VPCT 2018 – “A voz dos professores de C&T” – Encontro Internacional, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2018). Link

1.10. SIIE 2018 – 20th International Symposium on Computers in Education, Jerez de la Frontera, Espanha (2018). Link

1.9. 2.º Encontro de História da Ciência no Ensino, Faculdade de Ciências e Tecnologia  da Universidade de Coimbra (2017). Link

1.8. 7th Eurovariety – European Variety in University Chemistry Education, University of Belgrade, Faculty of Chemistry (2017)Link

1.7. Challenges 2017 – X Conferência Internacional de TIC na educação, Universidade do Minho, Braga (2017). Link

1.6. VPCT 2016 – “A voz dos professores de C&T” – Encontro Internacional, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2016). Link1 Link2

1.5. Challenges 2015 – IX Conferência Internacional de TIC na educação, Universidade do Minho, Braga (2015). Link

1.4. ticEDUCA 2014 – III Encontro Internacional TIC e Educação, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2014). Link

1.3. International Conference on Successful Experiences and Good Practices in Chemistry Education, Instituto Politécnico de Bragança (2014).

1.2. Challenges 2013 – VIII Conferência Internacional de TIC na Educação, Universidade do Minho (2013). Link

1.1. ticEDUCA 2012 – II Encontro Internacional TIC e Educação, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2012).

2. Nacionais

2.7. VII Encontro da Divisão de Ensino e Divulgação da Química da Sociedade Portuguesa de Química, Vila Nova de Gaia, 16 e 17 de novembro de 2018.

2.6. IV Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2018). Link1 Link2

2.5. 4.º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (2018). Link

2.4. III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP (Presidente da Comissão Organizadora), Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2017). Link

2.3. II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP (Presidente da Comissão Organizadora), Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2016). Link

2.2. 3.º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (2016). Link1 Link2

2.1. I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP (Presidente da Comissão Organizadora), Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2015). Link

A4.4. EDIÇÃO DE REVISTAS E ATAS DE CONGRESSOS

5. Editora do livro de resumos do 2.º Encontro de História da Ciência no Ensino/III Colóquio História das Ciências para o Ensino (2017).

Santos, A., Rola, A., Morais, C., Vasconcelos, C., Gomes, E., Rodrigues, I., Azevedo, J., Rodrigues, S. (2017) (Eds.). 2.º Encontro de História da Ciência no Ensino / III Colóquio História das Ciências para o Ensino. Coimbra: Universidade de Coimbra. ISBN: E-Book/PDF: 978-989-99391-6-5 (http://hdl.handle.net/10316/44445). Link

4. Responsável pela edição dos Resumos digitais das comunicações do III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências (2017).

Morais, C., Vasconcelos, C., Paiva, J. C., Chaves, M. G., Carvalho, P. S., Ferreira, R. A., Torres, J., Assemany, D., & Sousa, E. (2017) (Eds.). III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências: Resumos digitais das comunicações. Porto: Unidade de Ensino das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. ISBN: 978-989-746-118-7. Link

3. Responsável pela edição dos Resumos digitais das comunicações do II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências (2016).

Morais, C; Vasconcelos, C., Paiva, J. C., Chaves, M. G., Carvalho, P. S., Ferreira, R. A., Torres, J., Moreira, M., & Sousa, E. (2016) (Eds.). II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências: Resumos digitais das comunicações. Porto: Unidade de Ensino das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. ISBN: 978-989-746-089-0. Link

2. Responsável pela edição dos Resumos digitais das comunicações do I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências (2015).

Morais, C; Vasconcelos, C.; Paiva, J.; Chaves, M, G. & Carvalho, P. S. (2015) (Eds.). I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências: Resumos digitais das comunicações. Porto: Unidade de Ensino das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. ISBN: 978-989-8753-08-3. Link

1. Editora adjunta do Boletim da Sociedade Portuguesa de Química (SPQ), na área da Ensino da Química (2013).

A4.5. PALESTRAS COMO ORADORA CONVIDADA EM CONTEXTOS ACADÉMICOS

7. Paiva, J. C., & Morais, C. (2015). O Multimédia no Ensino das Ciências: cinco anos de investigação e ensino em Portugal. Palestra, com apresentação do estudo e comentário de Rui Vieira da Universidade de Aveiro, realizada no âmbito do Mês da Educação, promovido pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Portugal, 21 de outubro de 2015. Link1 Link2 Link3

6. Morais, C. (2014). Alguns projetos de Investigação de Ciências e Políticas de Educação financiados pela FCT 2008 e 2009. Palestra realizada no seminário Os projetos de Investigação de Ciências e Políticas de Educação financiados pela FCT 2008 e 2009 – Porto, Universidade Católica, Portugal, 13 de dezembro de 2014. Link

5. Morais, C. (2013). Educast@fccn: Uma experiência de utilização no contexto pedagógico da U. do Porto. Palestra realizada nas Jornadas FCCN (Fundação para a Computação Científica Nacional), Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal, 07 de fevereiro de 2013. Link

4. Paiva, J. C., & Morais, C. (2013). Educast@fccn: Uma experiência de utilização no contexto pedagógico. Palestra realizada no Workshop Anual de Inovação e Partilha Pedagógica da UP, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, Portugal, 18 de janeiro de 2013. Link

3. Morais, C. (2012). Exploração pedagógica de recursos digitais de Química. Palestra realizada na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (UC de Didática da Química I), Porto, Portugal, 22 de outubro de 2012. Link

2. Morais, C. (2012). WebQuests: instrumentos de potenciação pedagógica da Web. Workshop no âmbito do projeto europeu Chemistry is all around network, Instituto Politécnico de Bragança, Portugal, 20 de setembro de 2012. Link

1. Morais, C. (2012). Como fazer apresentações. Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Porto, Portugal, 16 de março de 2012. Link1, Link2

A4.6. REVISÃO CIENTÍFICA

1. Capítulos de Livros

1.1. Internacionais

1.1.1. Lopes, J. B., Cravino, J. P., Cruz, E., & Barbot, A. (2017).Teaching Science – Contributions of Research for Planning, Practice and Professional Development. Nova Iorque: Nova Science Publishers. ISBN: 978-1-53612-361-6. Link

1.2. Nacionais

1.2.1. Lopes, J. B., Viegas, C., & Pinto, A. (2018). Melhorar Práticas de Ensino de Ciências e Tecnologia– Registar e Investigar com Narrações Multimodais. Lisboa: Edições Sílabo. ISBN: 978-972-618-944-2. Link

2. Artigos em Revistas

2.1. Revistas Internacionais indexadas na ISI Web of Science e/ou SCOPUS

2.1.6. SAGE Open: open access publication from SAGE (desde 2017) – eISSN: 21582440 | ISSN: 21582440Link

2.1.5. Chemistry Education Research and Practice (desde 2016) – ISSN: 1756-1108 (Q1;IF= 1.802)Link

2.1.4. Educational Research and Reviews (desde 2016) – ISSN: 1990-3839 (Q4; IF= 0,24)Link

2.1.3. Educational Studies (desde 2016) – ISSN: 0305-5698 (print), 1465-3400 (online) (Q2; IF= 0,613)Link

2.1.2. British Journal of Educational Technology (desde 2015)– ISSN: 1467-8535. (Q1; IF= 1,982) Link

2.1.1. Journal of Science Education and Technology (desde 2015)– ISSN: 1059-0145. (Q1; IF= 1,476) Link

2.2. Revistas Internacionais com peer reviewed

2.2.4.  The Chemistry Teacher International (desde 2017)

2.2.3. Journal of Educational Issues (desde 2016)  – ISSN: 2377-2263Link

2.2.2. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias (desde 2016)  – ISSN 1579-1513 -DL OU-18/2002. Link

2.2.1. Journal of Media and Communication Studies (desde 2015)– ISSN: 2141-2545. Link

2.3. Revistas nacionais com peer reviewed

2.3.1. Educação, Formação & Tecnologias (desde 2012)– ISSN 1646-933X. Link

3. Artigos em congressos e encontros científicos

3.1. Internacionais

3.1.13. 14th European Conference on Research in Chemical Education (14th ECRICE – 2018), University of Warsaw, Faculty of Chemistry, Polónia (2018). Link

3.1.12. VPCT 2018 – “A voz dos professores de C&T” – Encontro Internacional, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2018). Link

3.1.11. SIIE 2018 – International Symposium on Computers in Education, Jerez de la Frontera, Espanha (2018). Link

3.1.10. 7th Eurovariety – European Variety in University Chemistry Education, University of Belgrade, Faculty of Chemistry (2017). Link

3.1.9. 12th Conference of the European Science Education Research Association (ESERA 2017). Link

3.1.8. Challenges 2017 – X Conferência Internacional de TIC na Educação, Universidade do Minho, Braga (2017). Link

3.1.7. VPCT 2016 – “A voz dos professores de C&T” – Encontro Internacional”, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2016). Link

3.1.6. SIEC 2016  – III Congresso Internacional de Ensino das Ciências, Universidade de Vigo, Espanha (2016). Link

3.1.5. Challenges 2015 – IX Conferência Internacional de TIC na Educação, Universidade do Minho, Braga (2015).

3.1.4. ticEDUCA 2014 – III Encontro Internacional TIC e Educação, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2014). Link

3.1.3. International Conference on Successful Experiences and Good Practices in Chemistry Education, Instituto Politécnico de Bragança (2014).

3.1.2. Challenges 2013 – VIII Conferência Internacional de TIC na Educação, Universidade do Minho (2013). Link

3.1.1. ticEDUCA 2012 – II Encontro Internacional TIC e Educação, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2012).

3.2. Nacionais

3.2.6. 4.º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (2018).Link

3.2.5. 2.º Encontro de História da Ciência no Ensino, Faculdade de Ciências e Tecnologia  da Universidade de Coimbra (2017).

3.2.4. III Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2017).Link

3.2.3. II Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2016). Link

3.2.2. 3.º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (2016). Link1 Link2

3.2.1. I Encontro em Ensino e Divulgação das Ciências da FCUP, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (2015). Link

4. Software educativo

[Para aceder ao software educativo revisto, por favor, considere os seguintes dados: http://20.leya.com/landing/ ; utlizador: cmorais@fc.up.pt; palavra passe: FCup2012]

4.4. Revisão científico-pedagógica do software educativo da disciplina de Física e Química A do 11.º ano de escolaridade, disponível na Plataforma 20 da LeYa e associado ao manual escolar: Paiva, J. C., Ferreira, A., Matos, G., Morais, C., & Fiolhais, C. (2016). 11Q – Química, 11.º ano. Lisboa: Texto Editores.

4.3. Revisão científico-pedagógica do software educativo da disciplina de Ciências Físico-Químicas do 9.º ano de escolaridade, disponível na Plataforma 20 da LeYa e associado ao manual escolar: Costa, S., Fiolhais, C., Fiolhais, M., Gil, V., Morais, C., & Paiva, J. C., (2015). Universo FQ – Ciências Físico-Químicas 9.º ano. Lisboa: Texto Editores.

4.2. Revisão científico-pedagógica do software educativo da disciplina de Ciências Físico-Químicas do 8.º ano de escolaridade, disponível na Plataforma 20 da LeYa e associado ao manual escolar: Costa, S., Fiolhais, C., Fiolhais, M., Gil, V., Morais, C., & Paiva, J. C., (2014). Universo FQ – Ciências Físico-Químicas 8.º ano. Lisboa: Texto Editores.

4.1. Revisão científico-pedagógica do software educativo da disciplina de Ciências Físico-Químicas do 7.º ano de escolaridade, disponível na Plataforma 20 da LeYa e associado aos manuais escolares: Costa, S., Fiolhais, C., Fiolhais, M., Gil, V., Morais, C., & Paiva, J. C., (2012). Universo FQ – Ciências Físico-Químicas 7.º ano. Lisboa: Texto Editores. Cavaleiro, N. & Beleza, M. (2012). FQ 7 – Ciências Físico-Químicas 7.º ano. Porto: ASA Editores.

A4.7. AVALIAÇÃO CIENTÍFICA

1. Comissão de avaliação de bolsas FCT atribuidas ao Programa Doutoral em Media Digitais

1.1. Membro da Comissão de Avaliação para a atribuição de bolsas FCT atribuídas ao Programa Doutoral em Media Digitais (2017/2018, 2018/2019).

2. Comissão de avaliação de relatórios de projetos de investigação – FCT

2.1. Membro da Comissão de Avaliação de Relatórios Finais da área das Ciências e Políticas de Educação (2014/2016). Link

3. Participação em júris de provas académicas

[Excluindo os júris em que participou por ter sido orientadora ou coorientadora e mencionados em secções anteriores.]

3.1. Doutoramento

3.1.1. Arguente Principal

3.1.1.5. Provas de Doutoramento Multi-Institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento requeridas pela candidata Sueli da Silva Xavier Cabalero, que apresentou a tese intitulada: Desenvolvimento e validação de um modelo de análise socioconstrutivista para compreensão do processo de aprendizagem mediado pelo jogo RPG digital, realizadas a 11 de outubro de 2018 na Universidade do Estado da Bahia – UNEB, no Depto. de Educação – Campus I. Link

3.1.1.4. Provas de Doutoramento em Ciências da Educação requeridas pelo candidato, Eliseu Fragoso Balanda Chipaco que apresentou a tese intitulada: O LMS como Ambiente Tecnológico de Suporte ao Ensino e Aprendizagem na perspetiva dos Estudantes e dos Professores, realizadas a 13 de julho de 2018 na Universidade Católica Portuguesa. Link

3.1.1.3. Provas de Doutoramento em Ciências e Tecnologia Ramo Didática das Ciências Físicas requeridas pela Mestre Maria Júlia Madeira Pires Branco, que apresentou a tese intitulada: Desenvolvimento das práticas de mediação dos professores em contexto de ensino de Ciências Físicas – O papel de ferramentas de ajuda, realizadas a 14 de maio de 2018 na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Link

3.1.1.2. Provas de Doutoramento em Educação requeridas pela Mestre Maria do Nascimento Silva Costa Miranda, que apresentou a tese intitulada: O desenvolvimento de estratégias metacognitivas e de autorregulação: estudo de caso na disciplina de Física e Química A, no Ensino Secundário, realizadas a 10 de abril de 2017 na Universidade Lusófona. Link

3.1.1.1. Provas de Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias requeridas pela Mestre Ana Edite Rua Miguel Cunha, que apresentou a tese intitulada: Construção de práticas de referência no Ensino da Física para o Ensino Secundário, realizadas a 12 de novembro de 2015 na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Link

3.1.2. Vogal

3.1.2.3. Provas de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências requeridas pelo Mestre Emerich Michel de Sousa, que apresentou a tese intitulada: Aula virtual sobre gases para o ensino médio de química: uso de ciclos de interação e multirrepresentação, realizadas a 30 de novembro de 2017 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Link

3.1.2.2. Provas de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências requeridas pela Mestre Susana Cristina Morais da Fonseca, que apresentou a tese intitulada: Innovating in the teaching of Chemical Equilibrium: taking effective advantage of Information and Communication Technologies, realizadas a 6 de julho de 2017 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Link

3.1.2.1. Provas de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências requeridas pela Mestre Maria José Miranda Pires Quintas, que apresentou a tese intitulada: Aprendizagem colaborativa da eletricidade com ensino interativo, realizadas a 19 de maio 2017 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Link

3.2. Mestrados académicos

3.2.1. Arguente Principal

3.2.1.10. Provas de Mestrado em Física e Química em Contexto Escolar requeridas pela licenciada Mónica Isabel de Barros Brito Afonso, que apresentou a dissertação intitulada: Atividades envolvendo os pais em “trabalhos de casa de química”: um caso no ensino básico envolvendo solubilidade, realizadas a 27 de julho de 2018 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Porto. Link

3.2.1.9. Provas de Mestrado em Comunicação Multimédia requeridas pela licenciada Ana Isabel Morais Rodrigues, que apresentou a dissertação intitulada: Dispositivos móveis em Centros de Ciência – Caso de estudo da Fábrica Centro Ciência Viva, realizadas a 18 de dezembro de 2017 na Universidade de Aveiro, Aveiro.

3.2.1.8. Provas de Mestrado em Ciências da Educação – especialização em Administração e Organização Escolar requeridas pelo licenciado Joaquim Jorge Alves de Sousa, que apresentou a dissertação intitulada: Biblioteca escolar e jogos digitais na aprendizagem e inclusão de alunos em risco, realizadas a 20 de fevereiro de 2017 na Universidade Católica, Porto.

3.2.1.7. Provas de Mestrado em Ciências da Educação requeridas pela licenciada Cláudia Caetano Bento, que apresentou a dissertação intitulada: O trabalho laboratorial como alicerce para o desenvolvimento de aprendizagens significativas no ensino da Química de 11.º ano: estudo exploratório, realizadas a 14 de novembro de 2016 na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, Universidade do Porto.

3.2.1.6. Provas de Mestrado em Física e Química em Contexto Escolar requeridas pela licenciada Dulce Maria Simões dos Santos Vaz, que apresentou a dissertação intitulada: Recursos digitais no ensino da Química para o 9.º ano de escolaridade orientados para as metas curriculares: Organização, avaliação e disponibilização, realizadas a 10 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Universidade do Porto. Link

3.2.1.5. Provas de Mestrado em Ciências da Educação, especialização em Informática Educacional, requeridas pelo licenciado Joaquim Manuel Reis Santos, que apresentou a dissertação intitulada: Como usar as TIC de forma a melhorar o processo de ensino-aprendizagem em Educação Tecnológica, realizadas a 15 de abril de 2014 na Universidade Católica, Porto. Link

3.2.1.4. Provas de Mestrado em Ciências da Educação, especialização em Informática Educacional, requeridas pelo licenciado Rui Pedro Rodrigues de Magalhães, que apresentou a dissertação intitulada: Conceção, desenvolvimento e avaliação de um ambiente enriquecido por tecnologia para o estudo da Matemática – Cálculo mental, realizadas a 17 de fevereiro de 2014 na Universidade Católica, Porto. Link

3.2.1.3. Provas de Mestrado em Didática – Área de especialização em Ciências – Ramo para Professores do 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário de Física e Química, requeridas pela licenciada Lúcia Maria Osório Vasconcelos de Oliva Teles Salgado, que apresentou a dissertação intitulada: Questionamento e curiosidade num contexto cts: um estudo de caso, realizadas a 6 de dezembro de 2013 na Universidade de Aveiro. Link

3.2.1.2. Provas de Mestrado em Ciências da Educação, especialização em Informática Educacional, requeridas pela licenciada Sara Isabel Moça Ramos, que apresentou a dissertação intitulada: Ver através da cegueira: Avaliação da implementação das TIC nas escolas de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão, realizadas a 29 de novembro de 2013 na Universidade Católica, Porto. Link

3.2.1.1. Provas de Mestrado em Física e Química em Contexto Escolar requeridas pela licenciada Liliana Rosa Vidal Martins Rodrigues, que apresentou a dissertação intitulada: Laboratórios escolares, formação de docentes e ensino técnico-profissional na área de Química em Angola: Uma experiência no terreno, realizadas a 2 de setembro de 2013 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Universidade do Porto. Link

3.2.2. Presidente de júri

3.2.2.13. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Maria Ramos Portela, que apresentou a dissertação intitulada: Representações e o Hiato Digital na Comunidade Quilombola de Conceição das Crioulas: Uma Ação-Investigação, realizadas a 19 de julho de 2018 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.12. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Liliana Félix Leite, que apresentou a dissertação intitulada: Realidade aumentada, capital cultural, turismo literário: aplicação a percurso camiliano, realizadas a 17 de julho de 2017 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.11. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciada Mariana Derigi Ambrózio, que apresentou a dissertação intitulada: Vídeos em contextos universitários de ensino-aprendizagem, realizadas a 17 de julho de 2017 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.10. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado Nuno Castro, que apresentou a dissertação intitulada: Desenvolvimento de uma ferramenta multimedia para o Ensino de Desenho Técnico Básico, realizadas a 15 de julho de 2016 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.9. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Georgina Cardoso, que apresentou a dissertação intitulada: Facebook como suporte à formação dos distribuidores em Venda Multinível – Estudo de caso, realizadas a 14 de julho de 2016 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.8. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Flavia Larocca, que apresentou a dissertação intitulada: Litterary Dynamics in Nonlinear Narratives, realizadas a 16 de julho de 2015 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.7. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado Rúben Filipe Carvalho Campos da Silva, que apresentou a dissertação intitulada: Gamification Dark Patterns, realizadas a 16 de julho de 2015 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.6. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado Nuno Gaspar Cruz Dias Guimarães, que apresentou a dissertação intitulada: Criação de recursos digitais, de caráter musical, em Max/MSP, para integração em manuais escolares da disciplina de Educação Musical do 2.º ciclo do ensino básico em Portugal, realizadas a 25 de julho de 2013 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.5. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Rute Ribeiro, que apresentou a dissertação intitulada: O empreendedorismo no ensino profissional: Um estudo de caso sobre o papel dos programas de empreendedorismo na construção de saberes e na forma como equacionam o seu futuro, realizadas a 22 de julho de 2013 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.4. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pela licenciada Júlia Anileiro, que apresentou a dissertação intitulada: Divulgação matemática e o vídeo educativo, realizadas a 17 de julho de 2013 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.3. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado Diogo Miguel Filipe Cocharro, que apresentou a dissertação intitulada: Condução em tempo-real de algoritmos musicais: Implementação de um sistema musical interativo com o Kin.Rhythmicator, realizadas a 25 de outubro de 2012 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.2. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado João Miguel Azevedo de Menezes, que apresentou a dissertação intitulada: SonData – Um toolkit para sonorização de dados interativa, realizadas a 25 de outubro de 2012 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.2.2.1. Provas de Mestrado em Multimédia requeridas pelo licenciado Tiago Alexandre da Silva Ângelo, que apresentou a dissertação intitulada: SonData – Open Instruments: Framework para desenvolvimento e performance de instrumentos musicais digitais em MaxMSP, realizadas a 25 de outubro de 2012 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

3.3. Mestrados profissionalizantes

3.3.1. Arguente principal

3.3.1.6. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Teresa de Jesus da Silva, que apresentou o relatório de estágio intitulado: As Leis Fundamentais da Termodinâmica. Realização de um trabalho, de calorimetria experimental, realizadas a 18 de julho de 2016 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.3.1.5. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Maria José Trigo Cordeiro Pimentel, que apresentou o relatório de estágio intitulado: Reações Ácido-Base em Solução Aquosa, realizadas a 17 de julho de 2015 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.3.1.4. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Teresa Sofia Guimarães da Rocha Meireles, que apresentou o relatório de estágio intitulado: Atividade com os pais no computador (APC): Desenvolvimento e implementação com alunos de Física e Química do 10º ano, realizadas a 24 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.3.1.3. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Sandra Maria Ferreira Pires, que apresentou o relatório de estágio intitulado: Química com poesia, realizadas a 24 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.3.1.2. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Helena Isabel Moreira Coelho, que apresentou o relatório de estágio intitulado: Desenvolvimento de uma WebQuest – Atmosfera, realizadas a 22 de julho de 2013 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.3.1.1. Provas de apresentação e discussão do relatório de estágio – componente de Química – do Mestrado em Ensino da Física e da Química no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, da licenciada Elisabete Preto Lopes Tedim, que apresentou o relatório de estágio intitulado: Tabela periódica: Contexto pedagógico e uma experiência na escola em ambiente digital, realizadas a 22 de julho de 2013 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4. Projeto da Licenciatura em Química da FCUP

3.4.1. Arguente principal

3.4.1.1. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Cátia Magalhães e Teresa Silva, que apresentaram o relatório intitulado: Componente laboratorial no ensino da Química: Enquadramento experimental com propostas alternativas e avaliação de impacto educativo, realizadas a 24 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2. Arguente

3.4.2.9. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Maria Gabriela Gallego, que apresentou o relatório intitulado: O ensino da química orgânica no Brasil e Portugal e a química dos ésteres, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.8. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Drieli Thomasini, que apresentou o relatório intitulado: A química orgânica na educação brasileira e portuguesa, com ênfase na química dos ésteres, mais especificamente a reação de saponificação, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.7. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Jéssica Moraes Felipe, que apresentou o relatório intitulado: O ensino da química nuclear e as datações por carbono 14, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.6. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Priscila Fachinconi da Silva, que apresentou o relatório intitulado: Reatores nucleares e o ensino da química nuclear no ensino não superior no Brasil e em Portugal, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.5. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Sérgio Manuel Fernandes de Oliveira, que apresentou o relatório intitulado: Conceitos fundamentais em química nuclear no ensino básico e secundário, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.4. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Maria Ângela Vieira Tavares, que apresentou o relatório intitulado: Utilização da uva como indicador de ácido-base, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.3. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química Jefferson Vieira Santos, que apresentou o relatório intitulado: Utilização da couve-roxa como indicador de titulações ácido-base, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.2. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Tatiane Corrêa Tudino da Silva, que apresentou o relatório intitulado: Utilização da amora como indicador ácido-base, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.4.2.1. Provas de apresentação e discussão do Projeto final da Licenciatura em Química de Amanda Milanez da Silva, que apresentou o relatório intitulado: Utilização do extrato de beterraba como indicador biológico em titulações ácido-base, realizadas a 4 de julho de 2014 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5. Seminários doutorais (qualificação para prosseguir doutoramento)

3.5.1. Arguente

3.5.1.13. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Mónica Sofia Castro Fernandes Rocha, que apresentou o projeto intitulado: Reconstrução de ferramentas para a análise de perigos e da verdura de síntese para aplicação no ensino da química verde no ensino superior, realizadas a 28 de setembro de 2018 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.12. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento de Sueli da Silva Xavier Cabalero, que apresentou o projeto intitulado: Desenvolvimento e validação de um modelo de análise socioconstrutivista para compreensão do processo de aprendizagem mediado pelo jogo RPG digital, realizadas a 28 de fevereiro de 2018 na Universidade do Estado da Bahia – UNEB, no Depto. de Educação – Campus I, na sala de videoconferência. Link

3.5.1.11. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologia (fase II) de Fátima Araújo, que apresentou o projeto intitulado: Simulações computacionais como ferramenta promotora da autonomia e do raciocínio abstrato dos alunos, realizadas a 20 de janeiro de 2018 na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Link

3.5.1.10. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Alzira Faria, que apresentou o projeto intitulado: Divulgação Matemática através da Geometria, realizadas a 6 de outubro de 2017 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.9. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologia de Fátima Araújo, que apresentou o projeto intitulado: Simulações computacionais como ferramenta promotora da  autonomia e do raciocínio abstrato dos alunos, realizadas a 29 de outubro de 2016 na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Link

3.5.1.8. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Natália Silva, que apresentou o projeto intitulado: Nanociência e Nanotecnologia: Atividades com Pais no Computador no 3.º ciclo do ensino básico, realizadas a 30 de setembro de 2016 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.7. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Susana Quadrado, que apresentou o projeto intitulado: Formação de Professores e recursos digitais em Química, realizadas a 30 de setembro de 2016 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.6. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Emerich Michel de Sousa, que apresentou o projeto intitulado: Aulas virtuais de Química no ensino médio sobre gases: uso de ciclos de interação e signos multirrepresentados, realizadas a 15 de julho de 2016 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.5. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Dulce Pinto, que apresentou o projeto intitulado: Demonstração Matemática: uma proposta de ensino e de divulgação da álgebra, realizadas a 21 de outubro de 2015 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.4. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de Ana Pedroso, que apresentou o projeto intitulado: Ciência para todos: desenvolvimento, implementação e avaliação de recursos e atividades de divulgação da ciência no Centro Multimeios de Espinho, realizadas a 21 de outubro de 2015 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.3. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Ensino e Divulgação das Ciências de José Luís Araújo, que apresentou o projeto intitulado: Desenvolvimento de dinâmicas e estratégias de potenciação pedagógica em projetos de Ciência Participativa: um estudo em Química no ensino básico, realizadas a 21 de outubro de 2015 na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

3.5.1.2. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologia de Daniela Pedrosa, que apresentou o projeto intitulado: O ensino da programação de computadores no Ensino Superior e a inovação pedagógica: estratégias de avaliação como contributos para desenvolver competências nos alunos, realizadas a 17 de outubro de 2015 na Universidade de Trás-os-Montes e alto Douro. Link

3.5.1.1. Provas de apresentação e discussão do Projeto de Tese de Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologia de Carina Santos, que apresentou o projeto intitulado: Uso de Simulações Computacionais em aulas de Física: práticas de ensino eficazes para a aprendizagem, realizadas a 17 de outubro de 2015 na Universidade de Trás-os-Montes e alto Douro.Link

4. Comissão de avaliação de software educativo

4.1. Membro da equipa de avaliadores do projeto nacional Sistema de Avaliação, Certificação e Apoio à Utilização de Software para a Educação e Formação (SACAUSEF), da responsabilidade da Direção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC), do Ministério da Educação e Ciência, por via da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas – Plano Tecnológico da Educação (2008 – 2010).